Cultura, Póvoa de Lanhoso

Concurso Nacional de Teatro na Póvoa de Lanhoso

De 4 de Fevereiro a 5 de Março, o Theatro Club da Póvoa de Lanhoso empresta o palco às nove produções que se apresentam ao Concurso Nacional de Teatro, organizado pela Câmara Municipal local e pela Federação Portuguesa de Teatro – FPTA. Em 2011, este certame teatral, que é já tradição na Póvoa de Lanhoso, apresenta algumas alterações.
 
Assim, o “Festival Nacional de Teatro de Amadores” dá lugar ao “Concurso Nacional de Teatro”. Trata-se, por um lado, de designar correctamente o certame que tem decorrido na Póvoa de Lanhoso, demarcando este evento dos demais festivais, já que, para além da apresentação das produções teatrais, o mesmo contém também a componente de avaliação e de reconhecimento dos desempenhos individuais e colectivos, com a atribuição de distinções diversas. Trata-se, por outro lado, e ao se ter optado por não apresentar os termos “de amadores” na designação do evento, de alargar a abrangência do certame e de afastar alguma conotação menos abonatória que lhe possa ser associada. É entendimento da organização que Teatro é Teatro e que, se neste evento participam actores não profissionais, participam também outros profissionais em áreas ligadas à arte de Talma.
 
Apesar das mudanças, há aspectos que se mantêm e um deles é que, à semelhança das duas últimas edições, está prevista a presença do consagrado actor Ruy de Carvalho, na Cerimónia de Encerramento.
 
Nove peças a concurso e uma peça extra, no encerramento.
 
Durante cinco fins-de-semana, todos os caminhos vão dar ao Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, onde as apresentações têm o início marcado para as 21h45.
 
No arranque do concurso, no dia 4 de Fevereiro, Sexta-Feira, sobe ao palco um grupo da Póvoa de Lanhoso, a Associação Cultural da Juventude Povoense, com uma peça de um dramaturgo e encenador local Cunha de Leiradella. A produção chama-se “Brandos Costumes (no país dos)”. No dia 5 de Fevereiro, Sábado, é o Teatro Experimental Intervenção de Alvarim (Tondela) que apresenta a peça “Casal Moderno” de Dário Fo e Franca Rame.
 
No fim de semana seguinte, no dia 11 de Fevereiro, Sexta-feira, o Teatro Ensaio Raul Brandão (Guimarães) encena “Morte e Vida Severina” de João Cabral de Melo e Neto. “Na tua Ausência”, a partir de “Cartas a Mónica” de Paulo Ferreira, é o espectáculo que o Teatro Passagem de Nível (Alfornelos – Amadora) apresenta, no dia 12 de Fevereiro, Sábado.
 
No dia 18 de Fevereiro, Sexta-feira, a Companhia de Teatro Água Corrente (Ovar) encena “Armadilha para um Homem Só” de Robert Thomas e, no dia seguinte, 19 de Fevereiro, Sábado, o Blá Blá Blá Teatro Jovem de Campo Maior (Campo Maior) apresenta “Terror e Miséria” numa adaptação da obra de Bertold Brecht.
 
No dia 25 de Fevereiro, Sexta-feira, o Grupo Mérito Dramático Avintense (Avintes – VN Gaia) apresenta “A Casa da Bernarda Alba” de Federico Garcia Lorca. No dia 26 de Fevereiro, Sábado, o Grupo de Teatro Palha de Abrantes (Abrantes) é a vez de “Dois Irmãos” de Fausto Paravidino subir ao palco.
 
No dia 4 de Março, Sexta-feira, o Grupo de Teatro Viteotonius (Viseu) apresenta “A Casa da Bernarda Alba” de Federico Garcia Lorca. No dia 5 de Março, Sábado, é a Cerimónia de Encerramento, altura em que o Grupo Mérito Dramático Avintense (Avintes – VN Gaia) sobe ao palco com a peça “O Crime da Aldeia Velha” de Bernardo Santareno, produção vencedora do “Prémio Ruy de Carvalho” no ano de 2010.
 
No decurso desta Cerimónia de Encerramento serão divulgados os prémios do Concurso Nacional de Teatro de 2011 nas categorias “Desenho de Luz –  Prémio Orlando Worm”, “Cenografia”, “Guarda Roupa”, “Interpretação Feminina”, “Interpretação Masculina”, “Encenação”, “Espectáculo – Prémio Ruy de Carvalho”  e “Prémio Prestígio”.
 
Contactos:
theatro.club@mun-planhoso.pt
253 639 706

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *