Oliveira de Azeméis, Sociedade

Pão de Ul dá-se a conhecer nas festas da freguesia – Oliveira de Azeméis

O pão de Ul e a regueifa, produtos fabricados de forma tradicional, voltam às ruas da freguesia de Ul, em Oliveira de Azeméis, nos dias dois e três de Fevereiro no âmbito das festas em honra de S. Brás.
A romaria junta milhares de devotos e visitantes apreciadores das duas iguarias produzidas pelas padeiras da freguesia.
No Parque Temático Molinológico, localizado paredes-meias com a igreja matriz onde decorrem os festejos, será possível nesses dias ver ao vivo a confecção e adquirir esses produtos, ex-libris da gastronomia oliveirense.
«O fabrico do pão de Ul no Parque Molinológico é uma excelente oportunidade de se promover o produto e levar até à freguesia mais pessoas», afirma Hermínio Loureiro, presidente da autarquia.
Nas ruas circundantes à igreja matriz é permanente, durante as festividades, o cheiro ao pão de Ul e não há visitante que resista a comprar e a provar o famoso pão. Também a regueifa satisfaz o desejo de quem é apreciador de produtos tradicionais de qualidade.
«As festividades estão hoje profundamente associadas ao pão de Ul e à regueifa, dois produtos muito apreciados que fazem parte da cultura gastronómica da região», reconhece Hermínio Loureiro.
«É importante que se preserve e se garanta a continuidade destas iguarias, uma imagem de marca de Oliveira de Azeméis e, em particular, da cultura dos habitantes de Ul», defende o autarca, esclarecendo que a autarquia continua a trabalhar para a certificação do pão de Ul como Indicação Geográfica Protegida (IGP).
O processo envolve ainda a Associação de Produtores do Pão de Ul (APPUL) e a Associação Nacional de Municípios e Produtores para a Valorização e Qualificação de Produtos Tradicionais Portugueses (Qualifia).
«Não podemos nem vamos desistir deste processo. Queremos que o pão de Ul tenha cada vez mais qualidade e que seja efectivamente produzido em Ul com a tradição que só as padeiras de Ul têm», afirma a presidente da APPUL, Lurdes Resende.
O pão de Ul e a regueifa da região são produzidos por padeiras em forno a lenha, segundo técnicas ancestrais. No Parque Molinológico, um espaço cultural e didáctico recuperado pela autarquia de Oliveira de Azeméis que funciona como um «museu vivo», a farinha com que é feito o pão é moída nos moinhos de água ali existentes.
O pão de Ul, de sabor característico, é distribuído diariamente em restaurantes e supermercados do concelho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *