Cultura, Viseu

Exposição Temporária no Atendimento Único – Viseu

Está patente até ao próximo dia 4 de Fevereiro de 2011 no espaço Atendimento Único da Câmara Municipal de Viseu exposição de desenho da autoria de Cristina Amorim.

“Quando as mãos têm vontade própria, então é deixá-las voar.

Elas são os olhos da minha alma, que durante vinte e dois anos riscou e rabiscou, por todo o lado, deitou fora as suas emoções, e nada ficou para mostrar.

Tudo começa com um traço, e outro que se lhe junta. Sucedem-se as linhas, os pontos, traços mais fortes, e os que ficam invisíveis. Nada é apagado, nada é corrigido. Tudo se transforma nas imagens que rodeiam a minha mente, e que, diariamente me fazem sonhar com mais e mais coisas para vos mostrar.

No branco do suporte encontro imagens que nos rodeiam, mas que os nossos olhos não vêem. São células e veias, carregadas de seiva das folhas verdejantes que comemos, e que matamos. São teias e casulos de bichos que odiamos. São ensaios para outras coisas que ainda não sei.

A silhueta de uma árvore despida pelo tempo, onde o tronco se ramifica infindavelmente em hastes cada vez mais finas e sinuosas, em direcção ao universo desconhecido, transformam-se em raízes de pernas para o ar, cada vez mais ramificadas e sensíveis, carregadas de vida, ou secas como a morte. Sendo tão idênticas e no entanto tão distintas, são formas que me fascinam.

As minhas mãos têm vontade própria, e eu não as consigo parar.

Não sou eu que mando…são elas que lêem a minha alma.”

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *