Economia, S. João da Madeira

José Sócrates destaca capacidade exportadora do sector do calçado – S. João da Madeira

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou ontem em S. João da Madeira que a indústria portuguesa de calçado foi das que «mais contribuiu para a recuperação do sector exportador no nosso País».

José Sócrates falava durante a visita à «Zarco», apontada como um exemplo da capacidade exportadora das empresas nacionais.

A qualidade dos produtos «Zarco» é reconhecida internacionalmente, com particular evidência na Europa, Japão e Estados Unidos, principais destinos das exportações da empresa, onde trabalham cerca de 100 pessoas.

«Ao longo deste último ano, que tantos achavam que a recuperação não se ia dar na economia portuguesa, a verdade é que o sector do calçado recuperou em termos de afirmação externa e continua a crescer nas exportações», sublinhou o primeiro-ministro.

A indústria portuguesa de calçado, que exporta mais de 96 por cento da sua produção, está cada vez mais internacional.

As cerca de 1.300 empresas registadas em Portugal – grande parte delas sedada no agrupamento de municípios do Entre Douro e Vouga – empregam perto de 35 mil pessoas, produzindo 76,2 milhões de pares de sapatos por ano, no valor de 1.300 milhões de euros.

Actualmente, esta indústria representa cinco por cento da produção, sete por cento das exportações e 17 por cento do emprego a nível europeu.

O relatório da OCDE «Portugal 2010» considera o sector um caso de estudo na economia nacional.

O trabalho destaca que «Portugal conseguiu reforçar a posição da indústria de calçado a nível internacional e evoluiu para os segmentos de mercado de maior valor, através da diferenciação dos seus produtos».

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *