Economia, Óbidos, Sociedade

Óbidos continua a puxar pela economia com evento de Natal

“A edição de 2010 do Óbidos Vila Natal (OVN) foi a mais curta de todas, masacolheu o maior número de visitantes/dia, mais de 120 mil pessoas”, disseJosé Parreira, administrador da Óbidos Patrimonium, empresa municipalorganizadora. O evento inaugurou no passado dia 10 de Dezembro de 2010 e decorreu até ao dia 2 de Janeiro de 2011.

Segundo o responsável, “foi também a edição com mais visitantes estrangeiros, calculando-se que na última semana tenham passado por Óbidos mais de 20 mil cidadãos de outros países, nomeadamente de Espanha, Itália,França, Inglaterra, Alemanha e Brasil”.

O Bar de Gelo foi uma das grandes atracções do OVN, superando em muito asmelhores expectativas da organização. Por este espaço, passaram até aomomento, 3200 visitantes. O Bar continuará aberto aos fins-de-semanadurante todo o mês de Janeiro. No próximo dia 11 de Janeiro, Feriado Municipal em Óbidos, haverá entrada livre para os munícipes.

No evento houve, igualmente, um espaço onde os visitantes assistiram com a família e amigos a espectáculos de cariz infantil que tornaram o Natal ainda mais mágico. Os espectáculos tiveram quase sempre lotação esgotada. A Casa da Música, palco dos espectáculos, recebeu cerca de 8 mil espectadores.

“O OVN é um dos maiores, senão o mais importante evento de Natal realizado na Península Ibérica, destacando-se a sua importância para toda a economia local eregional, nomeadamente para o comércio, restauração e hotelaria, que alcançam um volume de negócio equivalente ao atingido na tradicional época alta”, disse.

Ainda segundo a organização, “apesar da conjuntura económica desfavorável, Óbidos promete que 2011 voltará a oferecer muita criatividade e uma agenda cultural repleta de motivos para uma nova visita e a vivência de experiências inesquecíveis”. A organização deseja a todos os portugueses um próspero Ano Novo!

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Não acredito nestes números. Se, em anos anteriores, com encerramento da A8, e da EN 8, com apelos na comunicação social, apresentaram mais ou menos estes valores de visitantes. Este ano, eu estive lá todos os dias, só houve mais gente no dia da ano novo. Algo está errado…. Já agora o Sr. Parreira, caso leia esta noticia, gostava de saber porque razão o antigo campo de futebol, agora parque de estacionamento e que tem holofotes, os mesmos nesta altura não estavam ligados? – É que eu fiz esta pergunta através da v/ página do Facebook, não obtive resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *