Abrantes, Cultura

Exposição “Memórias dos sítios nas colecções do Museu D. Lopo de Almeida” – Abrantes

Esta exposição vai estar patente ao público no Museu D. Lopo de Almeida, instalado no interior da Igreja de Santa Maria do Castelo, entre 15 de Dezembro de 2010 e 31 de Maio de 2011. A exposição divide-se em três núcleos:
O núcleo do sagrado, que apresenta algumas esculturas de arte sacra, paramentos, objectos de culto e tecidos provenientes de igrejas e conventos, entretanto desaparecidos. Com a criação do Museu D. Lopo de Almeida, em 1923, muito desse espólio foi nele integrado;
Um segundo núcleo apresenta material proveniente de escavações arqueológicas na freguesia de S. Facundo, trazendo à memória esse sítio arqueológico datado da Pré-História recente e onde a passagem do homem ficou assinalada por inúmeros objectos de pedra e cerâmica;
Um terceiro núcleo mostra a memória de um sítio no castelo de Abrantes. De uma escavação arqueológica feita entre 1985 numa das salas do Palácio dos Governadores saíram muitas marcas de um passado mais ou menos recente, a revelar sobretudo uma ocupação contínua do lugar.
A exposição Memória dos Sítios nas colecções do Museu D. Lopo de Almeida mostra alguns objectos que nunca foram vistos em público.
Pode ser vista de terça a domingo, entre as 10 e as 13h00 e entre as 14 e as 18h00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *