Arouca, Sociedade

Tornar o EDV mais (Cri) activo – Arouca

O projecto chama-se EDV (Cri) Activo, e une os cinco municípios de Terras de Santa Maria (Arouca, Oliveira de Azeméis, São João da Madeira, Santa Maria da Feira e Vale de Cambra) na luta contra a pobreza e a exclusão social. A apresentação desta iniciativa decorreu no passado dia 7 de Dezembro, terça-feira, no cinema Globo d’Ouro.
 
Marcaram presença nesta apresentação o presidente da Associação de Municípios de Terras de Santa Maria (Hermínio Loureiro), o presidente da Câmara de Arouca (Artur Neves), o representante da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens (Paulo Macedo) e o representante da Delegação de Aveiro da REAPN- Rede Europeia Anti-Pobreza (Acácio Conde), que faz uma breve contextualização da questão da pobreza e exclusão social, completada com três testemunhos. Do lado da plateia, o espaço do Globo d’Ouro foi pequeno para a enorme afluência de público que se registou. Estiveram também presentes os vereadores da Acção Social dos cinco municípios.
 
O projecto EDV (Cri) Activo resultou do envolvimento expressivo dos municípios do Entre Douro e Vouga na celebração, em 2010, do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social. Através da Associação de Municípios Terras de Santa Maria, foi elaborada uma candidatura inter-municipal, que resultou no projecto EDV (Cri) Activo.
 
Neste âmbito, foi lançado o desafio a todas as escolas do EDV, para que utilizassem as expressões artísticas, e se envolvessem nesta «luta». O concurso «EDV (Cri) Activo – Expressão Escrita e Expressão Plástica» envolveu, assim, alunos, pais, professores e comunidade na política de inclusão social para uma sociedade mais justa, combatendo a pobreza e a indiferença, agindo na comunidade a que pertencemos. O resultado destas obras de arte, mais do que os prémios, foi uma agenda, que contém mensagens e ilustrações alusivas ao tema.
 
Os trabalhos foram seleccionados por um júri, constituído por dois elementos de cada um dos municípios, e os vencedores arouquenses foram:
 
Expressão escrita – Mónica Cruz Correia e Sandra Raquel Amaral Silva da turma B do sétimo ano da Escola Secundária de Arouca;
Afonso Henrique Pinto da Cunha do terceiro ano da Escola Básica de Canelas
André Filipe Pinho Barbosa – 4º ano da Escola Básica de Paços – Moldes

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *