Cultura, Lamego

Público mostra interesse por manuscritos da antiga Casa da Roda de Lamego

     Muitas pessoas, cidadãos comuns, turistas e jovens em idade escolar, visitaram a exposição que reuniu em Lamego vários manuscritos ligados à antiga Casa da Roda desta cidade, nomeadamente os livros de registo dos expostos e de registo das amas. Organizada pela Câmara Municipal de Lamego, no espaço educativo do Teatro Ribeiro Conceição, a mostra A Roda dos Expostos de Lamego procurou sensibilizar os visitantes, em particular a comunidade escolar, para o valor histórico destes manuscritos.

     Os documentos, que estiveram em exposição durante a primeira quinzena de Novembro, fazem parte do espólio do Arquivo Histórico Municipal de Lamego e reproduzem fielmente aquela prática introduzida no nosso país, em 1783, por Pina Manique, célebre Intendente da Polícia.

     Idêntica às portas giratórias actuais, a Roda dos Expostos ou enjeitados foi criada em França em 1188 pelo Papa Inocêncio III. Instaladas sobretudo nas portas de igrejas e conventos, estes cilindros de madeira giratórios serviam para que as mães deixassem os seus filhos em instituições consideradas seguras, mantendo ao mesmo tempo o anonimato exigido por uma época marcada pelo preconceito e pela discriminação. A criação da Roda dos Expostos também visava combater o alto índice de recém-nascidos encontrados mortos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *