Reguengos de Monsaraz, Sociedade

Reguengos de Monsaraz vai plantar 250 árvores no afluente do Ribeiro do Monreal

O afluente do Ribeiro do Monreal, linha de água urbana na cidade de Reguengos de Monsaraz, vai receber 250 árvores no âmbito do movimento voluntário “Plantar Portugal”. Amanhã, dia 23 de Novembro, Dia da Floresta Autóctone, pelas 9h30, cerca de 200 pessoas de todas as idades, com a colaboração de mais de uma dezena de instituições do concelho de Reguengos de Monsaraz, vão plantar vegetação ribeirinha endémica das linhas de água, nomeadamente choupos, freixos, salgueiros, sabugueiros e amieiros. 

Na sequência do projecto “Plantar Portugal”, o Município de Reguengos de Monsaraz pretende requalificar o afluente do Ribeiro do Monreal pois esta linha de água está desprovida de vegetação ribeirinha, o que a torna incompleta e ineficiente em termos da sua função ecológica. As linhas de águas ditas urbanas, ou seja todas aquelas que integram o perímetro urbano da cidade de Reguengos de Monsaraz, constituem a estrutura ecológica primária, traduzindo-se em corredores verdes dentro da malha urbana estruturados pelas linhas de água. 

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz considera que “é muito importante mobilizar os cidadãos para a defesa e preservação ambiental das linhas de água e da sua vegetação, pelo que estou muito satisfeito termos conseguido movimentar cerca de 200 pessoas que, voluntariamente, vão participar nesta actividade”. O autarca adianta que “posteriormente, os Serviços de Requalificação Urbana e Espaços Verdes da autarquia vão desenvolver uma acção de requalificação da envolvente à linha de água, criando uma zona de fruição, lazer e estadia para os munícipes num total de 3640 metros quadrados”. 

O movimento “Plantar Portugal” tem como objectivo contribuir para a conservação da natureza, biodiversidade e uso racional dos recursos naturais, tendo em vista o benefício dos cidadãos de hoje e das gerações vindouras. Este projecto visa também motivar a alteração de comportamentos e atitudes que podem agravar a tendência repressiva aos bens essenciais à vida humana e do planeta.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *