Cultura, Viseu

Exposição na Biblioteca Municipal Dom Miguel da Silva “Instrumentos Musicais Chineses” – Viseu

Foi devido à música ritual ortodoxa defendida por Confúcio (551 a.C. – 479 a.C.), e quando a música europeia dava os primeiros passos, uma completa teoria musical e já sofisticados instrumentos musicais começaram a aparecer na China.

    Na Dinastia Han (206 a.C.- 220 d.C.) a corte imperial fundou um centro de música com o intuito de recolher e editar músicas antigas e canções folclóricas. Depois dos primeiros contactos comercias com a Ásia Central a música entrou na China na forma de, p´i-p´a, ou alaúde, e o hu-ch´in, uma espécie de violino tocado verticalmente. Influenciados por esta música vinda do exterior os compositores nativos modificaram e melhoraram a música chinesa.

    Os instrumentos musicais chineses podem ser divididos em quatro categorias, tendo por base no método em que são tocados: “sopranos”, “inclinados”, “puxador” e “golpeador”.

    Os violinos chineses, denominados  “hu-ch´in” com apenas duas cordas com um arco preso, produzindo um som  macio e doce, o “Ruan”, que é um dos instrumentos musicais tradicionais de cordas da China e tinha o nome de “Pipa de Qin”, o “Orgão de Boca”, um instrumento com vários tubos feito em bambú, é muito popular e muito antigo, com cerca de 3.000 anos, são alguns dos instrumentos que se podem ver, sentir e “tocar”.

    Numa organização da Embaixada da República Popular da China, o Município de Viseu acolhe esta exposição, na Biblioteca Municipal Dom Miguel da Silva, até dia 3 de Dezembro, e que pode ser visitada durante o horário de funcionamento : segunda a sexta, entre as 8h30 e as 19h00 e sábados, entre as 13h00 e as 19h00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *