Gondomar, Sociedade

Mais de um milhão de euros para o movimento associativo de Gondomar

Foram aprovados, em reunião do Executivo camarário do passado dia 4 de Novembro, os apoios anuais da Câmara Municipal de Gondomar ao movimento associativo. Em “números redondos”, a Câmara de Gondomar atribui às associações concelhias um milhão de euros – para a área social, desportiva, cultural e recreativa.

Não obstante as restrições orçamentais que se verificam, o Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Maj. Valentim Loureiro, classificou como “fundamental não efectuar ‘cortes’ nos apoios às associações”, justificando tal pela “relevância que as colectividades assumem na promoção de actividades e, em paralelo, com uma forte intervenção social”. 

Foram aprovados, por unanimidade, em reunião de Câmara (de 4 de Novembro) os protocolos referentes ao Programa de Apoio ao Associativismo Cultural, Recreativo, Desportivo e Social. O valor total deste investimento é, este ano, ligeiramente superior a um milhão de euros. Houve, em relação a 2009, uma ligeira redução. As condicionantes económicas nacionais (e internacionais) obrigaram a que a Câmara Municipal de Gondomar fizesse uma análise mais criteriosa das várias centenas de candidaturas apresentadas – privilegiando as áreas mais fundamentais e efectuando algumas reduções nos apoios de candidaturas que, em função das restrições que se verificam, assumissem menor relevância. Em termos práticos, e quantificando-se, a redução nos apoios foi, de 2009 para 2010, de apenas 15%.

O associativismo cultural e recreativo receberá, da Câmara, quase 290.000 euros. Para a área social foram destinados 160.000 euros. E, para a área desportiva, quase 600.000. No entanto, refira-se, algumas das quase três centenas de candidaturas aprovadas são transversais, abrangendo áreas de intervenção bem distintas.

A curto prazo serão protocoladas 73 candidaturas de associações culturais e recreativas, 158 candidaturas de associações desportivas e, ainda, 68 candidaturas na área social. Regista-se, curiosamente, um incremento considerável nas candidaturas aprovadas para a área social – passando de 19 (em 2009) para 68 (neste ano).

Estas verbas destinam-se ao apoio para o desenvolvimento regular de actividades nas diversas instituições concelhias. Com este programa os clubes, associações e colectividades de Gondomar irão apostar na dinamização das já habituais iniciativas, assim como na formação, aquisição de viaturas ou na concretização de obras de beneficiação (ou remodelação) de instalações. Este programa, que data de Março de 1995, é uma forma de regulamentar os apoios concedidos, fazendo-o em função dos projectos e candidaturas apresentados.

De referir, também, que a Câmara Municipal de Gondomar não se restringe aos apoios monetários. Nestes valores não se quantificam situações como as de utilização das estruturas desportivas, disponibilização de recursos humanos, cedência de transportes e, até, o pagamento de inscrições e seguros de atletas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *