Portimão, Sociedade

Em Portimão, Programa DoNaEmpresa superou todas as expectativas

Dirigido a mulheres inactivas ou desempregadas, o Programa DoNaEmpresa, dinamizado pelo Município de Portimão e pela APME – Associação Portuguesa das Mulheres Empresárias, registou um eco muito positivo junto das mulheres algarvias,  num total de 121 candidaturas apresentadas. 

Cumprindo a primeira fase deste Programa, foram seleccionadas 16 candidaturas, com base no potencial empresarial e no perfil das candidatas, em áreas de negócio como o artesanato, organização de eventos, restauro de mobiliário, exploração turística de apartamentos, comercialização de artigos de prazer, armazenagem segura de documentos, consultoria e apoio técnico de instalação e manutenção de espaços verdes, agro-turismo e produção de alimentos bio e gourmet, ou comércio de roupa em segunda-mão, entre outras. 

O grupo seleccionado é composto por mulheres com idades compreendidas entre os 20 e os 50 anos, sendo que metade são residentes em Portimão e outra metade oriunda de outras localidades algarvias (Lagoa, Faro, Odeceixe, Loulé, Lagos e Castro Marim).  

Neste momento e até  Dezembro, está a ser ministrado o plano de formação, composto por um conjunto de sessões com vista a fomentar o espírito empreendedor e a desenvolver as competências básicas à elaboração do plano de negócio e à gestão do mesmo. 

Segue-se uma segunda fase de consultoria, que passa por um apoio individualizado e especializado em diferentes áreas funcionais, essenciais à concretização de cada plano de negócio, ao seu arranque e posterior monitorização. 

O Programa DoNaEmpresa contempla ainda um prémio de apoio ao arranque do negócio, no valor de 5.030 euros, aquando do inicio da actividade das futuras empresárias. 

Ao contrário dos tradicionais cursos de formação, o DoNaEmpresa é um projecto integrado, que vai muito além da formação intensiva e consultoria especializada, porque durante e após este trajecto as formandas terão um apoio continuado por parte da APME e passam a estar inseridas numa rede nacional de empreendedoras.  

Associação sem fins lucrativos com a missão de promover o empreendedorismo, as empresas e as empresárias portuguesas, reforçando o seu papel e intervenção nas esferas económica, política, cultural e social, a APME celebrou um protocolo com o Município de Portimão para a concretização deste Programa, no âmbito da aposta local em promover o empreendedorismo e dinamizar o tecido empresarial.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *