Cultura, Mangualde

«Vila Cacimba» de Mia Couto em Mangualde

A Câmara Municipal de Mangualde leva a palco a peça «Vila Cacimba» no dia 19 de Novembro, sexta-feira, no Auditório do Complexo Paroquial de Mangualde, pelas 21h00. A entrada é gratuita. Trata-se de uma dramaturgia e encenação de Pompéu José e uma produção de Trigo Limpo Tearto ACERT, a partir da obra «Venenos de Deus, Remédios do Diabo. As incuráveis vidas de Vila Cacimba», de Mia Couto. Esta narrativa conta com muito poucas personagens e a acção circunscreve-se a um espaço muito limitado. As verdades e as mentiras, os segredos e as denúncias, os mistérios e as revelações, as memórias e as alucinações, a realidade e o sonho, misturam-se num tecido narrativo sempre contaminado pela poesia. A história passa-se em Vila Cacimba, um lugar enigmático, sombrio, onírico e permanentemente sobrevoado pelo nevoeiro, ou seja, pela cacimba que dá nome à povoação…
 
O autor moçambicano Mia Couto nasceu na Beira, em 1955. Este biólogo de formação conquistou o mundo da literatura com obras tão inesquecíveis como Vozes Anoitecidas (1987), Cada Homem é uma Raça (1990), Terra Sonâmbula (1992, adaptado ao cinema em 2008) ou A Varanda do Frangipani (1996).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *