Cultura, Trofa

Trofa comemora Aniversário com concerto da Banda de Música da Trofa e Encontro de Orquestras Ligeiras

O segundo dia, do Programa Aniversário do Município 2010 será assinalado pela actuação de duas grandes Bandas do Concelho da Trofa, a Banda de Música da Trofa e a Orquestra de Ritmos Ligeiros no âmbito do Encontro de Orquestras Ligeiras, que vai reunir na Trofa, orquestras de todo o país. Estes concertos decorrerão no âmbito da celebração do 12º aniversário, no dia 13 de Novembro.
 
A Banda de Música da Trofa será a primeira actuar, o concerto ocorrerá pelas 18h00, nas instalações do Pavilhão Desportivo de S. Romão do Coronado e estará aberto a toda a população do Concelho da Trofa.
 
A Banda de Música da Trofa foi fundada em 1951, e tem conseguido impor-se no mundo artístico através da devoção à música. A sua longa experiência, enquanto grupo musical, possibilitou-lhes um fascinante histórico.
 
 
O 2º Dia da Comemoração do 12º Aniversário do Município da Trofa, termina no Polivalente dos Bombeiros Voluntários da Trofa, com o Encontro de Orquestras Ligeiras organizado pela Câmara Municipal da Trofa e pela Orquestra de Ritmos Ligeiro, grupo oriundo da Trofa. O concerto está previsto para as 21h30 e estará aberto a quem pretenda celebrar com os Trofenses, esta data tão importante.
 
A Orquestra de Ritmos Ligeiros, nasceu em Abril de 2007 na Trofa, e apesar de serem uma orquestra jovem, as suas qualidades artísticas já conseguiram ultrapassar as fronteiras do concelho e do país.
 
Estes dois espectáculos prometem seduzir o público e homenagear todo um Concelho que, de dia para dia, mostra o seu desenvolvimento e a vontade de crescer.
 
Este ano, o programa das Comemorações inclui um conjunto de momentos que querem ser memoráveis e significativos, mas que ainda assim, foram planeados pela Câmara Municipal da Trofa, liderada por Joana Lima, dentro de uma óptica rígida de rigor e contenção orçamental, dando espaço às associações e aos grupos locais e descentralizando os eventos levando-os às várias freguesias.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Quero desde já dar os meus parabéns à Banda de Música da Trofa pelo seu nível de desempenho que apresentou ao longo do ano passado. Tudo se deveu ao grande esforço, trabalho e empenho de todos os executantes da Banda, Maestro e Direcção. Pena que permanentemente a Banda seja alvo de ataques “cerrados” e “lanças de ferro oxidadas” de cobardes e até de alguns mantecaptos. É engraçado, e acho imensa piada, que alguns elementos e até o regente de uma certa banda(reparem que escrevi banda com letra minúscula para demonstrar aquilo que ela vale), que por acaso até é a única existente na cidade do Porto, venham acusar a Banda da Trofa de estar ultrapassada, de estar na idade média, de ser composta de incompetentes, etc. É interessante ver como o regente dessa banda, que já foi executante na Banda da Trofa, tem um ego tão grande para criticar o que quer que seja… Ele se calhar nunca pensou na forma “acrobática” como dirige a sua banda, além de não ter jeito para a coisa, pois a forma como dirige faz lembrar um robot, além da qualidade musical da banda ser de fugir, e a falta de afinação. Dizem alguns elemento dessa banda repetidas vezes em vários sites que a banda teve uma grande evolução desde a entrada do novo regente. De facto teve, passou de uma banda filarmónica para uma orquestra ligeira. Além de só executarem repertório ligeiro, o pouco repertório escrito para banda que executam, apesar de ser fácil, é tocado mal e porcamente. Concerteza que não e com uma banda composta por pessoas que não valem nada, e como instrumentistas valem ainda menos, com uma politica de concorrência desleal e desbarato para arranjarem festas, pois não conseguem arranjar nenhumas, e com um regente desses que irão ir a algum lado. E já agora esta situacao aplica-se a outras instituicoes que são visadas nas criticas. Bem, mas concerteza que o tempo tratará de julgar os malfeitores, pois duvido que esses cobardes aprendam com os erros que cometeram e continuam a cometer. Ainda é mais grave pensarem que só eles e que estão bem e os outros mal. Enfim. Desejo as maiores felicidades à Banda da Trofa neste seu novo percurso com novo Maestro. Concerteza que irá mostrar um excelente trabalho neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *