Oliveira de Azeméis, Sociedade

Universidade do Porto homenageia pioneiro da investigação e ensino da Química – Oliveira de Azeméis

O cucujanense António Ferreira da Silva (1853-1923), professor que dá nome ao mais destacado prémio de Química atribuído em Portugal, vai ser homenageado pela reitoria da Universidade do Porto (UP), anunciou fonte da instituição.

O arranque da homenagem está marcado para esta sexta-feira durante a reunião científica a decorrer no salão nobre do edifício da reitoria da UP (Praça Gomes Teixeira), a partir das 09:30.

O encontro vai reunir à mesma mesa diversos académicos nacionais e químicos galardoados com o Prémio Ferreira da Silva.

Já a 05 de Novembro, será inaugurada na sala de exposições temporárias do edifício da reitoria, uma exposição de obras e aparelhos científicos utilizados por Ferreira da Silva, pertencentes do espólio do Museu da Ciência da Faculdade de Ciências.

Comissariada por Carlos Corrêa, professor de Química da UP, a mostra estará patente até 30 de Dezembro.

Com um notável percurso académico e científico no campo da Química, Ferreira da Silva notabilizou-se por uma série de importantes contributos que ajudaram a fazer do Porto o centro da Química em Portugal nos fins do século XIX e inícios do século XX.

Foi director do Laboratório Municipal de Química do Porto (1883), fundador da Academia de Ciências de Portugal (1907) e o primeiro presidente da Sociedade Química Portuguesa (1911).

Natural de Cucujães, Oliveira de Azeméis, Ferreira da Silva formou-se na Universidade de Coimbra, em 1876, tornando-se, no ano seguinte, professor de Química na Academia Politécnica do Porto.

Em 1911, foi nomeado director da instituição que, nesse mesmo ano, daria origem à Universidade do Porto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *