Abrantes, Sociedade

Jornadas Internacionais do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte – Abrantes

Vários especialistas, nacionais e estrangeiros, estão a realizar estudos sobre o acervo da Colecção Estrada que integrará o futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes(MIAA).
Os primeiros resultados dessa investigação vão ser apresentados nas primeiras Jornadas Internacionais do MIAA, dia 28 de Outubro (5ª feira), em Abrantes, na Biblioteca Municipal António Botto.
A Presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque e o Presidente da Fundação Estrada, João Estrada, farão a abertura dos trabalhos, seguindo-se uma apresentação geral das Jornadas por Fernando António Batista Pereira, especialista em História de Arte e responsável pelo projecto museográfico do MIAA.
Segue-se um conjunto de intervenções sobre o acervo, nomeadamente o que tem sido alvo de estudo, com as presenças de vários especialistas (ver programa em anexo).
O espólio cedido pela Fundação Ernesto Lourenço Estrada, Filhos, será o coração do futuro museu, projectado pelo Arquitecto Carrilho da Graça. É composto por um vasto conjunto de peças arqueológicas, referentes ao período anterior à fundação da nacionalidade e relacionadas com a Lusitânia, recolhidas por João Estrada ao longo de meio século, em vários pontos da Península Ibérica. Além do espólio da Fundação, o futuro Museu irá também albergar as obras doadas ao Município pela pintora Maria Lucília Moita e pelo escultor Charters de Almeida.
O investimento vai ser uma marca do território em pleno centro histórico de Abrantes e pretende ser um estímulo decisivo para a sua reanimação.
 
Consultar programa: http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyres/117E3F80-58C3-41EE-B1F5-FCCE7C789EC3/100321/programa.jpg

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *