Cultura, Oliveira de Azeméis

Literatura policial anima noites na biblioteca municipal – Oliveira de Azeméis

Leitura de obras consagradas, gangsters, perseguições, assassinos profissionais e muita emoção. É este o cenário que os leitores vivem quinzenalmente na biblioteca municipal de Oliveira de Azeméis no âmbito das noites dedicadas à literatura policial.
O projecto, sob a orientação do ex-jornalista e escritor José Xavier Ezequiel, destina-se a todos os que gostam de ler obras onde se confrontam polícias, assassinos e ladrões.
À volta de um estilo policial, consoante as sessões, os participantes são convidados a efectuar leituras, a reflectir e a debater em comum temas, livros e autores.
A iniciativa tem como objectivo criar uma «comunidade de leitores» onde se partilhe o prazer da leitura com outros leitores, descobrindo e confrontando os pontos de vista dos participantes sobre aquilo que leram.
O projecto, com novas sessões marcadas para os dias quatro e 18 de Novembro e dois e 16 de Dezembro entre as 21h00 e as 23h00, recria perseguições, gangsters nem sempre bem sucedidos, detectives com mais sentimentos que pontaria certeira, assassinos profissionais que ouvem Bach ou apenas simples mortais que tentam sobreviver a todo o custo.
A última sessão da «Comunidade de leitores» fará a abordagem ao policial português sob a liderança do escritor e «freelancer» José Xavier Ezequiel
O antigo redactor, que exerceu funções em jornais diários e semanários, é um apaixonado pelo policial tendo publicado em 2007 o romance negro «Fados & Desgarradas».
José Xavier Ezequiel nasceu em Luanda em 1962.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *