Marinha Grande, Sociedade

Valores republicanos na actualidade em debate – Marinha Grande

“Os valores republicanos na actualidade” é o título da conferência proferida por Rui Portugal Pedrosa, que decorrerá no próximo sábado, 23 de Outubro, pelas 16h00, na Galeria Municipal, sita no Edifício dos Arcos, na Marinha Grande. A entrada é livre.

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal e pelo Rotary Club da Marinha Grande, no âmbito das comemorações do Centenário da República, que decorrem no concelho desde o passado dia 2 de Outubro e se prolongam até final de Novembro.

No passado sábado, António Arnaut proferiu a conferência “A República e a Maçonaria”, perante cerca de uma centena de pessoas.

Nessa iniciativa, o Presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande lembrou que conhecido pelas suas diversas facetas, de advogado, político, escritor, António Arnaut falou sobre a “A República e a Maçonaria”. São dois temas “de elevada importância, dado que esta revolução que desencadeou a adesão unânime dos populares, alterou a vida portuguesa. Muitas foram as heranças deixadas no último século”.

Álvaro Pereira salientou que podermos contar com a intervenção do ex-Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano da Maçonaria Portuguesa, que desempenhou essa função de 2002 a 2005, “é um privilégio que nos concede, pela riqueza das suas palavras que, decerto, contribuirão para enriquecer os nossos conhecimentos sobre a relação da Maçonaria e a implantação da República e a visão sobre o estado actual do Estado e do País”.

O Presdente referiu que a António Arnaut “devemos a existência do Sistema Nacional de Saúde que, instituiu há três décadas, enquanto ministro dos Assuntos Sociais do II Governo Constitucional. Tratou-se de uma conquista, senão mesmo de uma reforma, social do regime democrático”.

Apesar do tempo decorrido, “este sistema tem de ser consolidado e aperfeiçoado, em respeito por um direito adquirido e essencial para o exercício de uma cidadania plena”.

O Autarca marinhense salientou que “o estado actual da conjuntura política e económica do País e da Europa carecem de personalidades como António Arnaut, que reflecte sobre as medidas tomadas pelos governantes e sobre o caminho que devemos seguir”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *