Santa Maria da Feira, Sociedade

“Semana Aberta” no Museu do Papel com entrada gratuita e visitas guiadas – Sta. Maria da Feira

Para comemorar o seu nono aniversário, o Museu do Papel Terras de Santa Maria vai realizar mais uma “Semana Aberta”, de 25 a 31 de Outubro. Desta forma, e num horário contínuo, das 10h00 às 21h00, os visitantes terão a possibilidade de conhecer os diferentes espaços expositivos do Museu através de visitas guiadas gratuitas.  

No dia 27 de Outubro, pelas 17h00, realiza-se no Museu do Papel um workshop sobre “A Biodiversidade e a Indústria do Papel”. Tendo como público-alvo professores e profissionais da Indústria do Papel, este encontro visa debater questões relacionadas com a forma como esta indústria deve encarar, na actualidade, o tema da Biodiversidade como chave para uma produção ambientalmente responsável e para uma gestão florestal sustentável. 

Nove anos a preservar memórias papeleiras

Inaugurado a 26 de Outubro de 2001, o Museu do Papel tem como grande marca identificadora, o facto de ser, simultaneamente, um museu manufactureiro e industrial em actividade. Facto que se reflecte não só na sua dinâmica cultural e educativa, enquanto espaço museológico, mas também na conservação, manutenção e funcionamento dos seus espaços de produção de papel, mantendo viva a arte de fazer papel de uma região papeleira com mais de 300 anos de História. 

A par dos seus projectos educativos, como “O Despertar do Museu a Novos Públicos” (agraciado, em 2006, com o Prémio de Melhor Serviço de Extensão Cultural, atribuído pela APOM – Associação Portuguesa de Museologia) ou como as oficinas “Fazer” e “Descobrir”, dedicadas à reciclagem, o Museu do Papel tem vindo a desenvolver, durante o ano de 2010, novos projectos. De entre eles, destaca-se o projecto plurianual “Conhecer o Papel”, cujo objectivo principal se centra na investigação de aspectos ligados à História do Papel e ao acervo do museu, possibilitando ao visitante um conhecimento mais profundo de peças ou máquinas referenciais, ou mesmo profissões da actividade papeleira, ou tipologias de papel. Esta acção é implementada periodicamente, estando a peça seleccionada em destaque durante um mês. 

Mantendo a sua dinâmica normal de receber visitantes das mais diferentes tipologias e proveniências, e com projectos específicos para um público escolar, para públicos com necessidades especiais e para público sénior, foi visitado, desde a sua abertura em Outubro de 2001, por cerca de 100 mil pessoas.  

O dar a conhecer o museu, criando condições e cativando novos públicos, fica bem patente com a realização de “O Turno da Noite”, actividade promovida anualmente, no mês de Maio, e integrada no projecto europeu “La Nuit des Musées”, projecto que conta com a participação de mais de 2400 museus Europeus. No último “Turno da Noite”, passaram pelo Museu do Papel, em diferentes “turnos”, cerca de 900 pessoas, sendo na maioria um público adolescente e jovem que, deste modo, iniciou a descoberta de factos e memórias da História do Papel.  

Com a realização da “Semana Aberta”, o Museu do Papel pretende reforçar a sua missão, junto de toda a comunidade envolvente e de todos aqueles que, ao longo desta semana, o visitem, afirmando-se, uma vez mais, como um espaço aberto à fruição cultural e educativa.  

Semana Aberta: 25 a 31 Outubro | 10h00 às 21h00 [horário contínuo] | entrada livre.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *