Alcoutim, Sociedade

Dobro dos visitantes na IV Feira da Perdiz – Alcoutim

Decorreu, durante o passado fim-de-semana, a IV Feira da Perdiz em Martim Longo. O evento, organizado pela Câmara Municipal de Alcoutim, superou todas as expectativas e recebeu cerca de 10 000 visitantes, o dobro do número registado no ano anterior.  

À abertura do certame, durante a tarde de Sexta, compareceram Francisco Amaral, presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Isilda Gomes, Governadora Civil do Distrito de Faro, Joaquim Castelão, da Direcção Regional de Agricultura do Algarve, Dr. Almeida Pires, Vice-Presidente da Entidade Regional de Turismo do Algarve, António Miranda, da Direcção Regional de Florestas e Vítor Palmilha, da Federação de Caçadores do Algarve, entre outros.  

Ao longo dos últimos quatro anos, a Feira da Perdiz tem crescido e melhorado. Actualmente, o evento apresenta-se com uma caracterização única, carregada de semblantes da natureza serrana. Javalis, veados, perdizes, cães de caça, coelhos, pombos, galos e peixes, eram alguns dos animais que se podiam ver numa mostra que recebia os visitantes do evento.  

No espaço da feira, vendiam-se diversas variedades de artigos ligados à  caça e à pesca, além dos procurados pratos de caça. Muita animação de rua, o desfile equestre, balonismo, o concurso de cães e demonstrações de falcoaria completaram o quadro de festa. O evento foi este ano abrilhantado pela passagem de modelos, da responsabilidade da revista Algarve Mais, que provou que “a Natureza também pode ser fashion” e pela nova colecção de aguarelas do artista Carlos Luz, que se debruçou este ano sobre a caça grosseira.  

As actividades desportivas também couberam neste evento. No Sábado de manhã  decorreu o IV BTT “Na Rota da Perdiz”, com cerca de uma centena de participantes, e uma marcha/corrida no Domingo, com cerca de 600 participantes, que assinalou o Dia da Erradicação da Pobreza.  

Com cerca de 40 reservas de caça, o concelho de Alcoutim é bastante procurado para esta actividade, que é preciso rentabilizar com dinâmicas como a Feira da Perdiz, que mexem com a economia local e dão a conhecer este “paraíso cinegético”. O curso de “Gestão Cinegética”, a decorrer em Alcoutim, está a trabalhar no sentido de preparar profissionais que consigam explorar, da melhor maneira, a caça no concelho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *