Marinha Grande, Sociedade

República e Maçonaria em conferência – Marinha Grande

“A República e a Maçonaria” é o tema da conferência proferida pelo conceituado advogado, maçom e político português António Arnaudt, que se realiza no próximo sábado, 16 de Outubro, pelas 16h00, na Galeria Municipal, sita no Edifício dos Arcos, na Marinha Grande. A entrada é livre.

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal e pelo Rotary Club da Marinha Grande, no âmbito das comemorações do Centenário da República, que decorrem no concelho desde o passado dia 2 de Outubro e se prolongam até final de Novembro.

No passado sábado, realizou-se a conferência “As mulheres na 1ª República – Maria Veleda”, proferida por Maria José Miranda.

O ciclo de conferências sobre a implantação da República encerra no dia 23 de Outubro, pelas 16 horas, com o tema “Os valores republicanos na actualidade”, proferido por Rui Portugal Pedrosa.

As conferências decorrem na Galeria Municipal, onde, até dia 28 de Novembro, está patente a exposição “Do Regicídio à Implantação da República”, que aborda os acontecimentos históricos desencadeados com a morte d’ El-Rei D. Carlos I e seu filho D. Luís Filipe em 1908, o período tumultuoso com a intervenção maçónica que culminou na Implantação da República, até à eleição de Manuel de Arriaga em 1911.

As repercussões que estes factos tiveram na Marinha Grande é igualmente referenciada, o que possibilita a ligação entre tão importante data nacional e a história local.

Composta por documentos originais e objectos históricos de grande importância, a exposição permite um contacto diferente com a história, complementado com imagens emblemáticas da época.

Um conjunto de jornais originais “define” o percurso histórico e a exposição de livros, objectos maçónicos, moedas e selos monárquicos e republicanos – com especial destaque para o depoimento manuscrito do Rei D. Carlos I aquando da sua visita à Marinha Grande em 1892 e uma condecoração por ele atribuída – permitem uma envolvência peculiar com o passado.

Esta exposição pode ser visitada gratuitamente até dia 28 de Novembro, na Galeria Municipal da Marinha Grande, de 4ª a Domingo, das 11h às 13h30 e das 14h30 às 19h.

Biografia de António Arnault

António Duarte Arnault nasceu em Cumeeira, concelho de Penela, em 1936. É um poeta, ficcionista, ensaísta, advogado, maçom e político português que ocupou o cargo de Ministro dos Assuntos Sociais no II Governo Constitucional.

Licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra, no ano de 1959.

Exerceu diversos cargos na Ordem dos Advogados, destacando-se o de Presidente do Conselho Distrital de Coimbra. Em 2007 recebeu a Medalha de Honra da Ordem dos Advogados.

Fundou, em 1995, a Associação Portuguesa de Escritores Juristas, de que foi presidente. Foi vogal do Conselho Superior da Magistratura.

Após o 25 de Abril de 1974, desempenhou vários cargos políticos:

– Presidente da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Penela;

– Deputado à  Assembleia Constituinte;

– Deputado na Assembleia da República, de que chegou a ser vice-presidente;

– Fez parte do II Governo Constitucional, 1978, liderado por Mário Soares, como Ministro dos Assuntos Sociais. Ao seu nome ficou ligada a criação do Serviço Nacional de Saúde, sobre que, nesta data, reflectira em obra assinada também por Mário Mendes e Miller Guerra.

Foi Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano – Maçonaria Portuguesa, de 2002 a 2005.

Publicou várias obras literárias, em poesia, ficção, ensaio e antologias.

(Fonte biográfica: Wikipédia)

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *