Sociedade

FIMAP/FERRÁLIA organiza jornada de reflexão sobre a floresta

   A FIMAP – 16.ª Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira e a FERRÁLIA – 11.º Salão de Acessórios e Equipamento Auxiliar para a Indústria da Madeira, na EXPONOR de 20 a 23 próximos, dinamizam no dia inaugural dos certames o congresso «A Floresta como Recurso», destinado a debater algumas das temáticas mais actuais do sector, com empresários, especialistas e profissionais do mercado.

     A iniciativa tem o arranque programado para as 9:30 horas de quarta-feira (dia 20), no Centro de Congressos da Feira Internacional do Porto, e abordará temáticas como a produção, a transformação, o design, a segurança, o movimento associativo e o comércio externo (oportunidades de negócio e mercados da fileira da madeira).

     Valente de Oliveira (administrador da Associação Empresarial de Portugal), João Ferreira do Amaral (presidente da Direcção da Associação Para a Competitividade da Indústria da Fileira Florestal), Paulo Nunes de Almeida (vice-presidente da AEP), Carlos Moreira da Silva (presidente da COTEC Associação Empresarial para a Inovação) são os moderadores dos cinco painéis em agenda.

     A reflexão e o debate, esses, levarão à mesa de trabalho Rosário Alves (secretária-geral da Forestis), António Gonçalves Ferreira (presidente da União da Floresta Mediterrânica), Carlos Bianchi de Aguiar (Sonae Indústria), Isolete Matos (Portucel Viana), José Honório (Portucel Soporcel), António Amorim (Corticeira Amorim), Vasco Pedro (da Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal), Rui Moutinho (presidente da Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins), Rafael Campos Ferreira (vice-presidente executivo da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal), Carlos Aguiar (Designer e docente da FEUP), António Rocha (CEO da Móveis Viriato), Gustavo Cruz (do CATIM – Centro de Apoio Tecnológico à Indústria Metalomecânica), José Vital Morgado (administrador executivo da AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) e José Leitão (CEO da Associação Portuguesa de Certificação).

     O presidente da AEP, José António Barros, abre e encerra a sessão, tendo como convidados para os actos, respectivamente, Américo Mendes (da Universidade Católica) e Amândio Torres (presidente da Autoridade Florestal Nacional).

     A FIMAP/FERRÁLIA (bienal), recorde-se, é a expressão máxima em Portugal de toda a cadeia de transformação industrial das matérias-primas florestais, sendo a montra de referência da tecnologia e inovação que os empresários e os profissionais imprimem ao sector (todos os pormenores em www.fimap.exponor.pt).

     Nas últimas seis edições, o evento permitiu a 2.554 empresas e marcas exibirem as suas novidades técnicas e/ou tecnológicas (ou seja, uma média de 425 expositores por certame). A exposição recebeu – de 1998 até 2008 – um global de 103.284 visitas de profissionais do sector, à razão de 17.214 entradas médias por evento. 

Síntese:

FIMAP – 16.ª Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira

FERRÁLIA – 11.º Salão de Acessórios e Equipamento Auxiliar para a Indústria da Madeira

Data: de 20 a 23 de Outubro

Horário: das 10:00 às 19:00, todos os dias

Organização e local: EXPONOR – Feira Internacional do Porto (Matosinhos)

Perfil do visitante: profissional; entrada interdita a menores de 14 anos

Em exposição: na FIMAP – máquinas de corte; máquinas de serrar; fresadoras; máquinas perfuradoras; máquinas de lixar e polir; máquinas combinadas de carpintaria, máquinas de deformar; máquinas de montar e revestir superfícies; máquinas de colar; prensas; máquinas para tratamento de madeira; máquinas portáteis; veículos, ferramentas e outro equipamento auxiliar. Na FERRÁLIA – madeiras e derivados; tintas; vernizes; colas; caixilharia e acessórios para mobiliário; produtos químicos para tratamento da madeira.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *