Mangualde, Sociedade

Mangualde na linha da frente das energias alternativas

Mangualde, Viseu e Tondela vão ter postos de abastecimento eléctrico gratuitos e serão igualmente disponibilizados pequenos veículos eléctricos. O objectivo é sensibilizar as populações para o uso de energias alternativas. Estas duas medidas, assim como a elaboração de um diagnóstico da situação actual destes três municípios, fazem parte do projecto “E3DL – Eficiência Energética e Ambiental nos Centros Urbanos da Região Dão Lafões”, a executar nos próximos 20 meses. Serão investidos 630 mil euros, sendo 70 por cento da verba proveniente do QREN. O projecto – liderado pela Comunidade Intermunicipal da Região Dão Lafões (CIMRDL) e executado pelos municípios de Mangualde, Viseu e Tondela – conta ainda com a colaboração, na qualidade de parceiros associados, do Instituto Politécnico de Viseu (Escola Superior de Tecnologia de Viseu) e da empresa IBERFER, SA.
Em conferência de Imprensa realizada esta manhã – na qual estiveram presentes João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde; Carlos Marta, Presidente do Conselho Executivo da CIMRDL e da Câmara de Tondela; Américo Nunes, Vice-presidente da Câmara Municipal de Viseu; e Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIMRDL – a CIMRDL deu a conhecer que em cada um destes três municípios será criado um posto de abastecimento, onde as populações terão a oportunidade de carregar os seus veículos eléctricos ou híbridos de forma gratuita, utilizando a produção de energia fotovoltaica.
 
O edil mangualdense sublinhou a importância deste projecto na «protecção do ambiente e na promoção da redução de custos no uso do automóvel, desenvolvendo pedagogia nesta matéria e preparando a população para o futuro, para novos modelos de vida». Referiu ainda que «esta acção é uma mais-valia para Mangualde, que no passado esteve afastado dos grandes projectos de inovação e que hoje está na linha da frente de um projecto inovador relacionado com as energias alternativas. Estou bastante satisfeito até porque Mangualde é uma região marcada pelo sector automóvel. A presença da Citoën é um sinal diferenciador em comparação com outras regiões». Terminou reflectindo que «este projecto é um salto qualitativo para Mangualde na medida em que irá melhorar o Ambiente e reduzir os custos de circulação dos cidadãos».
 
O Presidente do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal da Região Dão Lafões (CIMRDL) e da Câmara de Tondela, Carlos Marta referiu ainda que para já, «só três municípios puderam fazer parte do projecto, mas o objectivo é estender-se a outros». Sublinhou ainda que em Portugal existem muitas marcas com carros eléctricos e híbridos, considerando essencial a região oferecer possibilidades para o seu abastecimento. «Não queremos perder a oportunidade de termos, na região, alternativas de carregamento a quem nos visita e estarmos na primeira linha da inovação», sustentou.
 
Estas medidas agora anunciadas visam melhorar a qualidade do Ambiente nos três centros urbanos participantes, bem como valorizar os modos suaves de transporte nos centros urbanos e na sua articulação com as zonas envolventes.
 
Integram a Comunidade Intermunicipal os concelhos de Aguiar da Beira, Carregal do Sal, Castro Daire, Mangualde, Nelas, Oliveira de Frades, Penalva do Castelo, S. Pedro do Sul, Sátão, Santa Comba Dão, Tondela, Vila Nova de Paiva, Viseu e Vouzela.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *