Cultura, Mangualde

Explorar o cinema de animação e a criação de personagens – Mangualde

“O Tempo em dois fotogramas” e “O meu AVATAR” são os temas dos Workshop’s de Cinema que decorrerão durante este mês de Outubro, na Biblioteca Municipal de Mangualde, no âmbito do projecto “Cinema para as escolas”. O primeiro, dedicado ao Cinema de Animação, realiza-se no dia 11 de Outubro, segunda-feira, e será orientado por Yan Thuall.
 
A oficina, dirigida ao público de todas as idades, tem como principais objectivos desenvolver, em termos teóricos e práticos, a linguagem e técnicas da animação, criando a ponte necessária entre os princípios da imagem animada e o cinema de animação; explorar a técnica de animação stop motion; identificar as diferentes técnicas de cinema de animação; contribuir para a utilização pedagógica do cinema de animação, como ferramenta de criação colectiva e multidisciplinar e estimular o trabalho de grupo, o respeito e a valorização da diferença, e a cooperação professores/alunos.
 
Já nos dias 18 e 25 de Outubro, os destinatários do workshop de criação de personagens “O meu AVATAR” serão os alunos do 4º ano do 1º CEB. Nos dois ateliês, dinamizados por Óscar Lopes, cada participante irá desenvolver o seu AVATAR, ou seja, a personagem virtual que o representará.
 
A intenção é dar vida ao AVATAR e para isso os alunos terão de desenhar e animar a sua própria criação cujo resultado final será um vídeo constituído por vários clips, onde cada participante se transforma no seu AVATAR e descreve a sua capacidade ou característica especial.
 
Os workshop’s são organizados pela Biblioteca Municipal de Mangualde, em parceria com o Cineclube de Viseu, sendo o valor da inscrição para ambos de 2€ por cada aluno participante.
 
O projecto “Cinema para as escolas” marca, desde 1999, a acção do Cine Clube de Viseu na comunidade escolar de todo o distrito e a sua forma de relacionamento com milhares de participantes nas diversas actividades. Através de projectos e acções de formação que enquadram a linguagem cinematográfica e as novas tecnologias da informação, exploram-se as possibilidades educativas de uma cultura que se antecipa e muitas vezes ultrapassa a educação escolar.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *