Arouca, Cultura, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Vale de Cambra

CULTURA/BREVES

Notícias breves de Cultura sobre acontecimentos marcados para este fim-de-semana no agrupamento de municípios do Entre Douro e Vouga.

AROUCA

«Biodiversidade no Paleozóico» no Museu Municipal

Depois de estar no Clube Literário do Porto, a exposição «Biodiversidade no Paleozóico» volta ao Museu Municipal de Arouca, com o acréscimo de quatro novas espécies, onde irá estar patente até final do ano.

Integrado nas celebrações do Ano internacional da Biodiversidade, a mostra – com representação artística de Carlos Dias – é promovida pela Associação Geoparque Arouca.

Esta exposição itinerante tem como objectivo «sensibilizar o público para a constante evolução e perca de biodiversidade no planeta Terra e dar a conhecer espécies de outrora».

A mostra pode ser vista de terça-feira a domingo, entre as 09:00 e as 12:30 e as 14:00 e as 17:30.

OLIVEIRA DE AZEMÉIS

Dia Mundial da Música no «Caracas»

O Dia Mundial da Música é assinalado hoje no Cine-Teatro Caracas, em Oliveira de Azeméis, com um concerto, a partir das 21:30, em que intervêm a banda de música de S. Tiago de Riba-Ul e a Orquestra de Sopros da Escola Secundária Ferreira de Castro.

O espectáculo junta no mesmo palco a banda de música mais antiga do País, com um longo e rico historial, e um conjunto de jovens estudantes de várias idades unidos num projecto pedagógico, único e inovador.

A banda de S. Tiago de Riba-Ul foi condecorada com a medalha de Mérito Municipal de Oliveira de Azeméis, tendo-lhe sido conferido ainda o título de membro-honorário da Ordem de Mérito pelo Presidente da República Jorge Sampaio por ser a banda mais antiga do país em actividade.

A Orquestra de Sopros da Escola Secundária Ferreira de Castro apresentou-se pela primeira vez ao público no dia 30 de Janeiro de 2009, no auditório da Junta de Freguesia de S. Roque. Em 2009 e 2010 organizou o Festival de Bandas Filarmónicas, cujas verbas reverteram para causas humanitárias.

A entrada para o concerto é grátis mediante o levantamento prévio do bilhete.

S. JOÃO DA MADEIRA

«Bettershell» em concerto nos Paços da Cultura

O Dia Mundial da Música é assinalado hoje nos Paços da Cultura de S. João da Madeira com um concerto de uma banda local que se vem afirmando como um grupo a seguir com muita atenção no panorama pop/rock nacional.

O espectáculo dos «Bettershell» tem início marcado para as 21:30, sendo as entradas gratuitas.

Com influências norte-americanas, estes jovens de S. João da Madeira aliaram a imaginação à criatividade para iniciar este novo projecto.

Em 2007, lançaram-se como uma banda com rumo traçado para o sucesso, passando por festivais como Ecosrock’07, Rocktaract’08, Rocktirso, onde ganharam, inclusive, prémios.

Em 2009, ano em que promoveram o EP «Don’t give up», registaram o pico mais alto das suas ainda curtas carreiras musicais, participando no «Super Bock Super Rock preload’09», onde venceram outro grande prémio a nível nacional.

SANTA MARIA DA FEIRA

Antigo Nobel da Paz em simpósio

A iraniana Shirin Ebadi – Prémio Nobel da Paz em 2003 – e o cartoonista dinamarquês Kurt Westergaard são as principais figuras do X Simpósio, a decorrer este sábado na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira.

O Simpósio – promovido pela autarquia – vai debater o tema «Identidade, Liberdade e Violência».

À semelhança das edições anteriores, a iniciativa reúne «personalidades com experiências de vida diversas, o que determina que este encontro constitua um momento único de reflexão e discussão sobre um tema candente».

A Câmara Municipal organiza desde 2000 este Simpósio, coordenado por Renzo Barsotti. No ano passado, Roberto Saviano, jornalista, condenado à morte pela máfia napolitana, autor do livro Gomorra, foi um dos conferencistas do colóquio, dedicado às «Máfias e mercado global».

VALE DE CAMBRA

Recriação da implantação da República

O centro da cidade de Vale de Cambra recebe este sábado, a partir das 21:30, o espectáculo de teatro «Reviver a República».

No ano em que se comemora o Centenário da República, a Companhia de Teatro Viv’Art apresenta uma recriação do momento histórico que foi a implantação da República no dia 05 de Outubro de 1910. Conta ainda com actores do Grupo Cénico da APDC e do Grupo de Teatro da Academia ComPassos.

O espectáculo é organizado pela autarquia e pela ADRIMAG (Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira),

Entrada livre.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *