Cultura, Trofa

Igreja Paroquial de Santiago do Bougado é um dos marcos do arquitecto barroco Nicolau Nasoni – Trofa

A Câmara Municipal da Trofa, no sentido de fomentar a prática turística e a preservação cultural local, está a promover uma campanha de divulgação da história dos monumentos mais marcantes do Concelho. Uma iniciativa que coincide com as Jornadas Europeias do Património.
 
Um dos marcos históricos mais importantes do Município Trofense é a Igreja Paroquial de Santiago do Bougado, uma obra barroca seiscentista, remodelada no século seguinte pelo famoso arquitecto Nicolau Nasoni.

Na fachada da Igreja destacam-se as torres sineiras, completadas por elegantes coruchéus piramidais do século XVII, que enquadram um portal do barroco setecentista.

O portal é sobrepujado por um janelão, dividindo-se os panos da fachada numa série de linhas curvas e molduras diagonais, características próprias dos enquadramentos arquitectónicos das obras de Nasoni e que, de certa forma, estabelece influências entre esta igreja e a portuense Igreja dos Clérigos.

Esta concepção barroca foi quebrada com o revestimento parietal de azulejos colocado em 1868. O interior é de nave única, e a sua nota artística mais saliente prende-se com a cobertura com uma falsa abóbada de madeira.

Em 1984 a Igreja Paroquial de Santiago do Bougado foi classificada como Imóvel de Interesse Público (I.I.P.).
 
O artista italiano Nicolau Nasoni, nascido em 1691, foi um dos arquitectos com maior notoriedade na monumentalidade do Norte de Portugal, com vários projectos civis e religiosos em todo o Norte de Portugal.
 
A sua obra inclui uma parte importante da arte barroca e rococó, chegando a envolver alguns dos melhores e mais significativos edifícios do século XVIII do Porto e arredores.
 
Para além da Igreja Paroquial de Santiago do Bougado, do seu repertório artístico fazem parte monumentos nortenhos como o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios e a Sé de Lamego, em Lamego, a Igreja Paroquial de Matosinhos, a Igreja Paroquial da Cumieira em Santa Marta de Penaguião, a Igreja e Edifício da Misericórdia de Vila do Conde, a Igreja Paroquial de Vila Nova de Gaia e a Igreja de São Pedro em Vila Real.
 
No Porto destaca-se o Edifício e Igreja do Recolhimento dos Orfãos, a Igreja dos Carmelitas, a Igreja e Torre dos Clérigos, a Igreja de Santo Ildefonso, o Paço Episcopal do Porto e a Sé do Porto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *