Cultura, Viseu

Exposição Temporária no Atendimento Único do Município de Viseu

Está patente até ao próximo dia 15 de Outubro de 2010 no espaço Atendimento Único da Câmara Municipal de Viseu exposição de quadros de Jorge Braga da Costa, intitulada “ Viseu cidade monumental”. 

        Breve curriculum: 
    Nascido na maternidade de Viseu, em 2 de Dezembro de 1944, foi, no entanto, registado como natural de Segões, concelho de Moimenta da Beira. Passou a infância e a adolescência em Terras do Alto Douro, mais concretamente em Armamar. A partir de 1955, frequentou o Liceu Nacional de Lamego, iniciando-se muito cedo no estudo da pintura, por influência de sua mãe, também ela amante das artes decorativas.
    Com 15 anos, expôs, pela primeira vez (V Salão de Educação Estética de Lamego) e recebeu, nas modalidades de Desenho, Aguarela e Óleo, menções honrosas.  
    Embora o gosto de desenhar praticamente nascesse com ele, a entrada na “vida artística” deu-se por mera casualidade. Sabendo da qualidade do seu traço, vários amigos aqui e ali lhe pediram para ilustrar revistas, jornais, livros e quando deu por ela sentiu que era quase uma “obrigação” continuar a projectar a sua criatividade artística.
    Em 1975, fixou-se na cidade de Viseu onde exerceu como funcionário público, mas, em simultâneo, vai trabalhando proficuamente o “desenho à pena”, e começa a expor a partir de 1976, dividindo-se entre a pintura e o desenho.
    Viseu foi a terra escolhida não apenas por ter sido o seu berço natal, mas, fundamentalmente, porque, em seu entender, é a “cidade ideal, tem todas as vantagens das cidades grandes, sem ter os inconvenientes”.
    Ao aposentar-se da função pública, acelerou o ritmo de trabalho e plasmou centenas de desenhos “à pena”, onde é exímio e mestre.
    Uma boa parte do património arquitectónico nacional é registo de marca, na sua vasta obra artística.
    Em Junho de 2007, reuniu em livro toda a sua obra artística sobre a cidade de Viseu, com o título MONUMENTALIDADE VISEENSE. 
     

    A 6 de Agosto de 2009, data provável do nascimento em Viseu de D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal, viu os CTT editarem uma marca postal com base em desenho seu.

    Em Setembro de 2009, acedeu, com muito agrado, ao convite da Câmara Municipal de Viseu para, inserido nas Comemorações dos 900 anos do Nascimento de D. Afonso Henriques em Viseu, no Congresso Internacional “Afonso Henriques 900 anos depois”, onde foi também alvo de homenagem por parte da Edilidade, expor alguns dos seus desenhos sobre esta cidade, com o título “Viseu – Cidade de Afonso Henriques”. 
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *