Cultura, Santo Tirso

Retratos de escritores da comunidade de leitores pintura de emerenciano e texto de António Oliveira – Santo Tirso

No Centro Cultural de Vila das Aves é inaugurada amanhã, sexta-feira, dia 10 de Setembro a exposição «Retratos de Escritores. Pintura de Emerenciano». Esta exposição é promovida pela Câmara Municipal de Santo Tirso e estará patente ao público até ao dia 5 de Novembro de 2010. 

«Retratos de Escritores» tem como ponto de partida os diferentes autores nacionais e estrangeiros que estiveram em destaque ao longo das várias sessões da “Comunidade de Leitores”, realizadas entre 12 de Janeiro e 22 de Junho deste ano.  

Esta exposição conta igualmente com texto de António Oliveira, o coordenador da Comunidade de Leitores onde Saint-Exupéry, Jorge Amado, Eugénio de Andrade, Luandino Vieira e Fernando Pessoa foram alguns dos escritores em destaque e que surgem agora retratados por Emerenciano num encontro entre a escrita (também ela visual) e a pintura.  

«A contribuição do artista plástico, através dos retratos, possibilitou que o seu toque pessoal se assumisse, pelo que se salienta aqui o valor estilístico e expressivo da pintura», escreve António Oliveira a propósito do trabalho desenvolvido por Emerenciano.  

EMERENCIANO

Natural de Ovar (1946), Emerenciano é licenciado em Pintura pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto; cidade onde trabalha e reside actualmente. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, instituição que lhe concedeu ainda um subsídio de pós-graduação. Desde finais dos anos 60 que participa com regularidade em exposições colectivas, realizadas dentro e fora do país, contando também com várias mostras individuais.

A partir de 1973 define por aproximação à escrita a sua pintura, título de uma exposição individual que realiza na Galeria Módulo em 1979, a primeira que realiza na cidade do Porto, de um percurso orientado pela motivação da escrita como um propósito, sem desejar ultrapassar a fronteira que separa as imagens das palavras. A escrita é representada.

Emerenciano é  igualmente presença regular em exposições internacionais de Arte-Postal e de Poesia Experimental, desenvolvendo trabalhos próximos da poética dos correios, em atenção ao selo, bilhete-postal e carimbo.

Ilustrou livros de poesia de autores alheios, mas também os seus próprios poemas, publicando, entre outras, as obras A Mão Tingida Sobre o Espelho e Chão Prisão do Mundo (1998, Afrontamento), Idades das Idades (2001, Edições Caixotim), Assimetria do Ser (2005, Afrontamento) e Impura Atitude (2006, edições Afrontamento), álbum de desenhos com texto do autor.

Emerenciano é  um dos nomes incluídos no Dicionário de Personalidades Portuenses editado por ocasião do Porto Capital Europeia da Cultura (2001, Porto Editora). O pintor está representado em diversas colecções de arte públicas e privadas, nomeadamente do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, da Câmara Municipal de Oeiras, da Caixa Geral de Depósitos, da Associação Empresarial de Portugal, da Câmara Municipal de Ovar e da Câmara Municipal de Pernik (Bulgária), entre outras.

A exposição a realizar em Vila das Aves junta-se ao extenso número de mostras realizadas individualmente, e cujas mais recentes tiveram lugar no Centro Cultural de Cascais e em Espinho, esta última no âmbito do CINANIMA (Festival Internacional de Animação de Espinha), ambas realizadas em 2009. 

+ informação

Centro Cultural de Vila das Aves

Rua de Santo Honorato, 220

4795 – 114 Vila das Aves

Telefone: 252 870 020

E-mail: ccva@cm-stirso.pt

Horário de Funcionamento:

   Segunda a Sexta-feira das 9h às 13 horas e das 14h às 17 horas

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *