Educação, Oliveira de Azeméis

Câmara de Oliveira de Azeméis investe 150 mil euros na requalificação do parque escolar

A Câmara de Oliveira de Azeméis, através de «várias frentes de obra», investiu 150 mil euros na beneficiação das escolas do concelho durante o interregno do calendário escolar.
«Até 2013 queremos cumprir um programa de requalificação do parque escolar do 1º ciclo dotando-o de infra-estruturas com condições de modernidade à semelhança do Centro Escolar de Azagães que será inaugurado a cinco de Outubro», afirma o presidente da Câmara, Hermínio Loureiro, assegurando que o município continuará a «apostar na melhoria contínua dos edifícios».
O executivo visitou algumas das intervenções efectuadas em escolas das freguesias de Cucujães, S. Roque, Nogueira do Cravo, Macieira de Sarnes e Carregosa no sentido de, segundo o vereador da educação, Isidro Figueiredo, serem criadas «boas condições para a abertura do ano escolar de 2010/2011».
Na EB1 do Picoto a autarquia substituiu o telhado de fibrocimento, um investimento aproximado de 100 mil euros que, além de evitar consequências ao nível da saúde, irá impedir a infiltração de chuvas.
Em Nogueira do Cravo, as intervenções recaíram na substituição do contentor que funcionava na EB1 do largo da Feira por um pavilhão pré-fabricado e na reparação da cobertura e do arranjo interior e pintura exterior do jardim de infância.
Na freguesia de S. Roque, os trabalhos incluíram a pintura exterior da EB1 e a limpeza exterior do recinto. Em Macieira de Sarnes o município, em articulação com a Associação de Pais, avançou com a melhoria do espaço exterior e o ajardinamento à volta da escola.
Isidro Figueiredo destaca, na melhoria das infra-estruturas, o «interesse, a participação e o dinamismo de algumas associações de pais que tem permitido à autarquia resolver alguns problemas».
O autarca destaca a parceria em algumas obras: colocação de relva sintética na EB1 de Areosa (Pinheiro da Bemposta) e a substituição do quadro eléctrico e reforço da instalação para o aquecimento da EB1 do Outeiro (S. Tiago de Riba-Ul).

Centro escolar de Azagães inaugurado a cinco de Outubro

O Centro Escolar de Azagães, na freguesia de Carregosa, integra a lista das 100 escolas do país que serão inauguradas no dia cinco de Outubro no âmbito das comemorações do primeiro centenário da implantação da República Portuguesa, anunciou Hermínio Loureiro, o presidente da autarquia.
A inclusão da infra-estrutura no lote das escolas que ficarão associadas aos 100 anos da República partiu do convite do Secretário de Estado da Educação, João Mata, e da Direcção Regional de Educação do Norte.
«O edifício é um equipamento exemplar sendo considerado já há oito anos, na altura da sua concepção, um projecto arrojado», afirma o vereador da educação, Isidro Figueiredo.
O Centro Escolar de Azagães é um investimento superior a um milhão de euros, dos quais cerca de metade (500 mil euros) foram suportados pela autarquia e os restantes pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).
O equipamento foi adjudicado em 2006 por 841 mil euros mas dificuldades da empresa construtora a quem foi adjudicada a obra impediram a sua conclusão no prazo previsto.
O edifício, com uma área exterior de 1700 metros quadrados e preparado para alunos portadores de deficiência, possui quatro salas de actividades destinadas ao primeiro ciclo, duas outras salas complementares, além de mais duas para o ensino pré-primário.
As crianças serão apoiadas ainda por uma biblioteca escolar, sala polivalente, refeitório e cozinha.
O Centro Escolar de Azagães é um dos equipamentos contemplados na Carta Educativa do concelho que prevê ainda a construção de mais unidades de ensino com o objectivo de aumentar a qualidade de ensino.
«Os próximos centros escolares a avançar serão os das freguesias de S. Roque, a construir no perímetro da EB 2,3, e o de Ul», anunciou Isidro Figueiredo.
Numa fase posterior serão construídas as unidades de Lações, junto à escola secundária Ferreira de Castro, e a de Oliveira de Azeméis, no espaço ocupado hoje pela EB 2,3 Bento Carqueja.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *