Cultura, Sines

O melhor jazz português em seis concertos gratuitos no Sines em Jazz 2010

Nos dias 26, 27 e 28 de Agosto, a quarta edição do Sines em Jazz traz alguns dos melhores autores e intérpretes do jazz português ao coração da cidade de Sines.

Organização da Associação Pro Artes de Sines e da Câmara Municipal de Sines, o Sines em Jazz 2010 oferece seis concertos de entrada gratuita no Auditório do Centro de Artes de Sines e duas jam sessions, na cafetaria do Castelo.

A música tem início no dia 26 de Agosto (quinta-feira), às 22h00, com o espectáculo do Quinteto Sara Valente. Formado em 2006, o quinteto constituído por Sara Valente (voz), João Maurílio (piano), Gonçalo Marques (trompete), Nelson Cascais (contrabaixo) e Paulo Bandeira (bateria) trabalha ambientes da história do jazz norte-americano da segunda metade do séc. XX, com alguns temas originalmente instrumentais acrescidos de letras em português.

Às 23h15, tem início o concerto do ensemble flaJAZZados, situado no jazz que vai do pós-bop ao experimentalismo actual através de um repertório maioritariamente original. A inclusão de textos e um narrador dão ao espectáculo momentos inesperados. Alexandre Andrade (trompete), Omar Hamido (sax alto), Francisco Andrade (sax tenor), Pedro Gil (guitarra), Marco Martins (baixo), Sónia Cabrita (bateria), Zé Eduardo (piano e direcção) e Vítor Reia-Baptista (MC) são os artistas em palco.

A noite de concertos de sexta-feira, 27 de Agosto, arranca às 22h00 com Joana Rios, cantora e compositora portuguesa de referência da nova geração, com três discos editados, o último dos quais, “3 desejos”, lançado em Setembro de 2009. Considerada uma das melhores vozes nacionais, Joana Rios é acompanhada por Filipe Raposo (fender rhodes e piano), António Quintino (contrabaixo) e Alexandre Frazão (bateria e percussões).

A Joana Rios segue-se, às 23h15, TGB, um trio que aposta numa formação inusual em termos instrumentais: tuba, guitarra e bateria. TGB é composto por Alexandre Frazão (bateria), Sérgio Carolino (tuba) e Mário Delgado (guitarra) e o seu som move-se num terreno próximo de formações clássicas inusitadas da história do jazz e da música improvisada.

Sábado, 28 de Agosto, último dia do Sines em Jazz 2010,começa às 22h00, com o projecto Nelson Cascais “Guruka”. O contrabaixista Nelson Cascais é um dos melhores compositores do jazz contemporâneo e “Guruka”, o seu novo disco, é considerado um dos melhores trabalhos portugueses de jazz dos últimos anos. Acompanham-no Pedro Moreira (saxofone), André Fernandes (guitarra), Joäo Paulo Esteves da Silva (piano) e Marcos Cavaleiro (bateria).

O concerto de encerramento, às 23h15, está a cargo de BaBa Mongol, grupo de músicos juntos desde 2001 com o objectivo de integrar tradição e actualidade num colectivo de base jazzística que se propõe interpretar composições originais. Zé Pedro Coelho (saxofone soprano e tenor), Rui Teixeira (saxofone barítono e clarinete baixo), Hugo Raro Andrade (piano), Filipe Teixeira (contrabaixo) e António Torres Pinto (bateria) constituem a formação.

Nos dias 27 e 28 de Agosto, às 00h00, realizam-se jam sessions na cafetaria do Castelo de Sines.

A entrada em todas as iniciativas do Sines em Jazz 2010 é gratuita. Uma vez que o espaço do Auditório é limitado, os bilhetes para os concertos necessitam de reserva, que pode ser feita na recepção do Centro de Artes de Sines ou através do telefone 269 860 080.

O Sines em Jazz 2010 está integrado na operação Dinamização Musical e Artística do Programa de Regeneração Urbana de Sines, co-financiado pelo FEDER no âmbito de candidatura aprovada ao Eixo 2 – Desenvolvimento Urbano – Política de Cidades – Parcerias para a Regeneração Urbana do QREN 2007-2013.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *