Arouca, Cultura, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira, Vale de Cambra

CULTURA/BREVES

Notícias breves de Cultura sobre acontecimentos marcados para este fim-de-semana no agrupamento de municípios do Entre Douro e Vouga.

AROUCA

Festival internacional de folclore

O Festival Internacional de Folclore de Arouca, este ano na sua 28ª edição, chega ao fim este sábado, com a actuação dos grupos no Terreiro de Santa Mafalda, a partir das 22:00.
Participam o Rancho Folclórico de Passos de Silgueiros – Beira Alta (Viseu), Grupo Folclórico Dr. Gonçalo Sampaio – Baixo Minho (Braga), Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia – Baixo Minho (Esposende), Grupo de Pauliteiros e Pauliteiricos Caramonico – Palaçoulo (Miranda do Douro), Conjunto Etnográfico de Moldes de Danças e Corais Arouquenses – Douro Litoral (Arouca), Koç Üniversitesi Folklore Club – República da Turquia e Índia Portugal Friendship Association – República da Índia.
Durante o festival – uma organização do Conjunto Etnográfico de Moldes, com o apoio da autarquia – decorre uma mostra internacional de artesanato na Sala D. Domingos de Pinho Brandão (Mosteiro de Arouca).

OLIVEIRA DE AZEMÉIS

Visita à casa museu Ferreira de Castro

A casa que viu nascer o escritor José Maria Ferreira de Castro, em Ossela, é sempre uma opção para uma visita de fim-de-semana.
Aberta diariamente (09:00-12:30; 14:00-17:30), o espaço é composto por dois pisos, apresentando no primeiro piso, uma adega, onde estão expostos alguns utensílios agrícolas da época, contrastando com o cromatismo de nove quadros oferecidos ao escritor por autores consagrados.
O segundo piso desenvolve-se em quatro cómodos de parcas dimensões – a cozinha, a sala, o quarto de José Ferreira de Castro, onde se encontram também a mala e os sapatos que usou em 1939 na volta ao mundo que realizou e o quarto de D. Maria Rosa, mãe do autor de «A Selva».
A casa museu Ferreira de Castro localiza-se no lugar de Salgueiros, na freguesia de Ossela (Oliveira de Azeméis).

S. JOÃO DA MADEIRA

Exposição de pintura ajuda África

«Anjos Solidários Ajudam África» é o título da exposição de pintura, da autoria de Natália Frias, patente até final do mês na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira.
A mostra pode ser vista de segunda a sexta-feira, entre as 10:00 e as 18:00, e aos sábados (10:00-13:00).
A artista destina a venda das obras para a angariação de fundos a favor do Centro Dia Mães de Mavalane, em Maputo (Moçambique).
Natália Frias, licenciada em Pintura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto, é professora reformada de Oficina de Arte da Escola Secundária Dr. Serafim Leite em S. João da Madeira.
Participou em diversas exposições colectivas por todo o País e está representada no Museu Diogo Gonçalves, em Portimão.

SANTA MARIA DA FEIRA

«Miúdos a graúdos» no museu de Lamas

«Miúdos a graúdos, um ano de Serviço Educativo no Museu» é o título da exposição patente até 30 de Setembro no Museu de Santa Maria de Lamas.
A mostra pode ser vista diariamente das 09:30 às 12:30 e das 14h:00 às 17:30.
Ao longo de todo o ano lectivo, foram muitas as temáticas associadas ao fundador, história e colecções do museu, exploradas no âmbito do serviço educativo da instituição.
A exposição ilustra o trabalho desenvolvido por todos os participantes neste serviço através da utilização de diferentes abordagens artísticas, desde a pintura ao desenho, passando pela escrita, até à fotografia ou ao vídeo.

VALE DE CAMBRA

Profissões de outros tempos no museu

No Museu Municipal de Vale de Cambra continua patente a exposição «De Passagem… pelas Artes e Ofícios de Cambra».
A mostra inclui trajes e objectos, cenários de trabalho ou imagens e fotografias que caracterizavam os ofícios de outros tempos.
Com entrada é livre, esta exposição pode ser visitada até dia 18 de Setembro de segunda a sexta-feira, entre as 09:00 e as 17:30, e aos sábados (14:00-17:00).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *