Cultura, Portimão

170 actores de todas as idades representam peça “Agosto Azul” – Portimão

Um total de 170 pessoas, entre os 7 e os 87 anos, aceitaram o desafio do Projecto de Arte Comunitária “Agosto Azul” e vão participar no espectáculo de teatro ao ar livre que terá lugar de 19 a 22 de Agosto, a partir das 22h00, na Praça 1º de Maio, em Portimão. 

A iniciativa, que se insere nas comemorações dos 150 anos do nascimento de Manuel Teixeira Gomes, é o culminar de um inédito trabalho de conjunto iniciado em Março passado, a partir de grupos de teatro já existentes na comunidade e de um novo grupo intergeracional que juntou seniores de vários centros de dia com jovens e adultos, que agora vêm para a rua partilhar esta criação colectiva. 

O espectáculo, com a duração de hora e meia, proporciona o diálogo entre a obra “Agosto Azul”, de Teixeira Gomes, e o património local, unindo diferentes grupos, gerações, histórias e quotidianos, de forma a potenciar as dinâmicas sociais e a promover o desenvolvimento individual e colectivo. 

A PELE – Espaço de Contacto Social e Cultural, responsável pela criação do Projecto “Agosto Azul”, convida o público a “despertar sonhos, desejos e viagens, descobrindo a criança que ainda habita em nós e tudo o que somos nas recordações dos lugares visitados, voltando a casa com a bagagem mais cheia e reencontrando a beleza da paisagem e o sabor dos beijos impressos no corpo e no papel”.

De entrada livre, “Agosto Azul” tem direcção artística de João Pedro Correia, que partilha a produção executiva com as suas colegas da PELE Maria João Mota e Ana Paula Grilo, enquanto a direcção musical pertence aos maestros António Alves e Rogério Marques, sendo de referir a participação especial do Coral Adágio, da Classe de Ballet Municipal de Portimão, do Rancho Folclórico da Figueira e da Sociedade Filarmónica Portimonense. 

Os interessados poderão assistir a dois ensaios abertos e descentralizados deste espectáculo comunitário, o primeiro no dia 14, às 19h00, no Largo da Igreja da Mexilhoeira Grande, e o segundo no dia seguinte, à mesma hora, na Zona Ribeirinha de Alvor. 

Faz ainda parte do projecto multidisciplinar “Agosto Azul” a exposição em diversos espaços públicos de mais de 1500 obras artísticas em tons de azul, a partir de materiais recicláveis e inspiradas na vida e obra de Manuel Teixeira Gomes, que resultam da participação empenhada de 46 entidades locais, entre escolas, clubes, associações e instituições particulares de solidariedade social. 

Associando-se a este movimento, idealizado pela PELE em co-produção com o Município de Portimão, muitos portimonenses decoraram as varandas e janelas das suas casas de azul, fazendo desta terra o cenário ideal para a obra do seu mais ilustre concidadão.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *