Desporto

Blanco cada vez mais amarelo

O camisola amarela David Blanco (Palmeiras Resort-Prio) fez esta quinta-feira uma real demonstração de superioridade ao arrebatar a vitória na 7ª  etapa da 72ª Volta a Portugal Lagos Sports, entre Idanha-a-Nova e Seia/Torre. Além do triunfo de Blanco que o projectou ainda mais como grande favorito para repetir nova vitória na Volta, o dia foi marcado pelas alterações no percurso devido aos incêndios na região de Seia sendo a etapa reduzida em cerca de 45 Km sendo a subida à Torre feita pelo lado de Manteigas. 

“Dizem que já está ganho, e que não há rivais à altura, mas eu é que sei o que tive de treinar e de sofrer durante toda a Volta. Desde 2006 até hoje – confidenciou David Blanco – peso menos seis quilos, passei muita fome e treinei muito e era fácil conformar-me com aquilo que tinha, pesar 73 quilos, mas fiz o contrário. Às vezes leio os jornais e parece que ganhar a Volta é fácil e fico triste porque de fácil não tem nada.” 

O triunfador do dia, que já havia ganho a etapa no alto da Srª da Graça, veste-se agora de um amarelo mais forte e com a vantagem de 53s sobre o adversário mais próximo, o português Hernâni Broco (LA/Rota dos Móveis). Mas David Blanco não se limitou a vencer a tirada de 122,9 Km também conquistou a camisola branca de líder dos pontos e a verde da montanha. Ricardo Vilela (Madeinox/Boavista) continua com a camisola da juventude e colectivamente foi a LA-Rota dos Móveis a assumir o comando. 
 

Cândido Barbosa corre para as metas volantes 

Nos primeiros quilómetros, depois da saída de Idanha-a-Nova, surgiu muita gente a querer saltar do pelotão. Um grupo de 20 unidades acabou por deixar fortes marcas nesta etapa para o alto da Serra da Estrela. Dos fugitivos destacaram-se três corredores, Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio), o espanhol Constantino Zaballa (CC Loulé) e o italiano Matteo Rbottini (Lampre), com o português a concretizar o seu objectivo de liderar a classificação geral dos pontos, ao vencer as metas volantes do Fundão (Km. 43,9) e de Valhelhas (Km.82,9), objectivo que não teria êxito porque o líder da prova, David Blanco, somou o mesmo número de pontos.  

Vitória concludente do camisola amarela 

Na frente deu-se o reagrupamento com o pelotão comandado pelos homens da  Barbot-Siper, que, no entanto, não evitaram que aquele que viria a receber o Prémio da Combatividade, Nelson Oliveira (Xacobeo), se isolasse na dianteira para vencer a meta volante de Manteigas (Km. 99,5), em perseguição do qual se lançaram o ucraniano Vitaliy Kondrut (ISD) e o russo Vladislav Borisov (Amore&Vita), acabando este último por assumir a liderança da corrida e distanciar-se, com 33s para um trio perseguidor e 48s para o pelotão. Nos últimos cinco quilómetros travou-se intensa batalha, onde se destacaram Hernâni Broco (LA-Rota dos Móveis), Sérgio Pardilla (Carmiooro) David Bernabéu e Rui Sousa (ambos da Barbot-Siper), mas a todos eles o camisola amarela David Blanco (Palmeiras Resort-Prio) respondeu de forma categórica construindo uma vitória inequívoca. 
 

Mais Fotografias, Declarações Áudio e Informações em

http://volta-portugal.com/etapas/phps/noticias.php?etapa=7 

  
 27 anos depois a Volta chega a Oliveira do Bairro 

Esta sexta-feira, cumpre-se a 8ª etapa entre Oliveira do Hospital e Oliveira do Bairro, na extensão de 169,9 Km, que terá uma única contagem de montanha de 3ª cat. em Lavegadas (Km. 43,1) seguindo-se as metas volantes de Cantanhede (Km. 129,8), Mamarrosa (Km. 157,2) e, depois da primeira passagem pela meta, a de Sangalhos (Km. 161,7).

O pelotão concentra-se às 11h00 no Largo da Feira, em Oliveira do Hospital, de onde parte, às 13h00 para um percurso neutralizado de 5 quilómetros até à Estrada Nacional 17 sendo aí dada a partida real às 13h15.

A chegada a Oliveira do Bairro, a terceira no historial da Volta, algo que não acontecia há 27 anos, será na Rua Conde Ferreira, junto à Câmara Municipal e está prevista para cerca das 17h15.  

Vencedores em Oliveira do Bairro: 

OLIVEIRA DO BAIRRO

1982 (44ª Volta): Oliveira do Hospital-Oliveira do Bairro, 104 Km., Fernando Carvalho (Ovar)

1983 (45ª Volta): Mangualde-Oliveira do Bairro, 112 Km., Belmiro Ribeiro (Vigaminho) 

No site da Volta a Portugal – www.volta-portugal.com – pode acompanhar em directo a evolução da 8ª Etapa da 72ª Volta a Portugal em Bicicletas Lagos Sports no filme da etapa em  http://volta-portugal.com/etapas/phps/filme.php?etapa=8

A 72ª Volta a Portugal tem o apoio das autarquias de Lisboa, Viseu, Leiria, Fafe, Castelo Branco, Mondim de Basto, Oliveira do Bairro, Santo Tirso, Aveiro, Viana do Castelo, Lamego, Sintra, Oliveira do Hospital, Oliveira de Azeméis, Gouveia, Idanha-a-Nova, Moimenta da Beira, Seia, Barcelos, Armamar e Águeda além do patrocínio dos Jogos do Centenário, Jogos Santa Casa, RTP, Aluvia, EDP, Tempo-Team, Liberty Seguros, Meo, O Jogo, Jornal de Noticias, Rádio Renascença, Águas São Martinho, Shimano, Xerox, Mobilif, Torrié, Copigés, DietSport – Powerbar, LG, Instituto Geográfico do Exercito, Ford, Cision, Estanhos D. António, Fullwear, Nexx Helmets, Orbita, KEEWAY, Pastelaria Chafariz, Sportzone, Tipografia Peres e Aquahotels Mondim Basto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *