Cultura, Gondomar

9.ª edição da Feira do Livro em Gondomar

Álvaro Magalhães, Lizete Lopo, valter hugo mãe, Hélder Reis, Maria do Rosário Sousa, Mário Ferreira, Miguel Carvalho, Hélio Loureiro, Angelino Pereira, Maria Alberta Meneres, Ângela Monforte, Leonel Cosme, Manuel António Pina, João Luís Guimarães, Paulo Gomes e Albino Santos são os autores em destaque na 9.ª edição da Feira do Livro de Gondomar, uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal e da Federação das Colectividades.
Entre dias 4 e 12 de Setembro, para além da apresentação de várias obras, o certame será complementado com actividades de animação, sessões de autógrafos e, ainda, actuações musicais.
Esta iniciativa integra o programa das Festas do Concelho de Gondomar. Será inaugurada no dia 4 de Setembro, pelas 15h00.
 
O Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Gondomar e a Federação das Colectividades organizam, de 4 a 12 de Setembro, a 9.ª Feira do Livro, evento que irá decorrer no Largo do Souto.
Este evento, anos após ano, tem-se caracterizado por um assinalável êxito. Para além do elevado número de visitantes e uma diversidade de editoras representadas, a Feira do Livro de Gondomar tem a particularidade de proporcionar a dinamização dos stands a associações recreativas e culturais do concelho – permitindo, assim, um envolvimento efectivo do movimento associativo na divulgação e promoção do livro e da leitura.
A 9.ª Feira do Livro promoverá, mais uma vez, a apresentação e lançamento de livros de vários escritores. Para este ano estão definidas as apresentações de obras de Álvaro Magalhães, Lizete Lopo, valter hugo mãe, Hélder Reis, Maria do Rosário Sousa, Mário Ferreira, Miguel Carvalho, Hélio Loureiro, Angelino Pereira, Maria Alberta Meneres, Ângela Monforte, Leonel Cosme, Manuel António Pina, João Luís Guimarães, Paulo Gomes e Albino Santos.
O programa da Feira inclui também animação musical e cultural variada. A abertura será abrilhantada com a actuação da Fanfarra de Gondomar. “Musicol & Portugol” (do Clube de Caça e Pesca de Aguiar), “Água-Pé” (Grupo de Música Tradicional do Psallite), a Orquestra Ligeira da Banda Musical de Gondomar, “Douro Encanto” (da Sociedade Columbófila 10 de Junho), a Gestrintuna (da Associação Artística e Cultural Radicarium) e o Coral Infantil do Orfeão de Gondomar são os convidados musicais da edição de 2010.
No âmbito do certame realizar-se-á, também, uma sessão de declamação de poesia e várias sessões da “Hora do Conto” (pela equipa de animação da Biblioteca Municipal de Gondomar). A abertura da IX Feira do Livro de Gondomar vai ter lugar no dia 4 de Setembro, pelas 15h00. Realiza-se, como já é da tradição, no Largo do Souto, em Gondomar (S. Cosme).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

3 comentários

  1. Bom dia sou a Lizete Lopo, autora do livro “QUERO VIVER”. Vou estar presente na Feira para sessão de autógrafos no dia 4 às 21.15.
    Coloco aqui alguns testemunhos e links onde podem pesquisar e saber um pouco mais desta história verídica, passada entre o Norte e Centro. Referencio que quem adquirir o “QUERO VIVER” está a contribuir com 5% para as crianças com cancro através da Associação Acreditar e no dia da Feira serão presenteados pela autora na compra de cada exemplar com uma t-shirt personalizada do mesmo.

    Francisco Silva 12/8 às 0:06
    Obrigado……
    Pela grande lição de vida……
    Parabéns pela excelente demonstração de coragem e pelo caminho percorrido pelos trilhos da vida.
    É um livro/diário que é de uma grande coragem publicar tanto pela exposição a que ficou sujeita toda a sua família em especial o Grande Miguel (um bravo cavaleiro e um grande lutador), como pelo tornar publico uma parte da vida íntima.
    Já lhe havia dito que este livro me foi muito difícil de ler, pois sou pai de duas belas raparigas, uma com 13 anos portanto com uma idade muito próxima do Miguel, este livro faz mexer com todos os sentimentos de um pai/mãe, é difícil aceitar esta situação para qualquer pai, e como se não basta-se junta-se toda a falta de apoio e de alguma incompreensão das diversas instituições.
    Pura e simplesmente parabéns, este deverá ser o livro que qualquer um deve ter na mesa-de-cabeceira para quando lamenta-mos as pequenas coisas do dia á dia que simplesmente corem mal, pegar e ler algumas páginas e assim andar com a vida para a frente com um sorriso nos lábios.
    Neste momento já o coloquei nas mãos da minha esposa para ela o ler e já informei a minha filha que depois é ela quem o vai ler.

    “Não venci todas as vezes que lutei. Mas perdi todas as vezes que deixei de lutar”

    TESTEMUNHO DA CATARINA SOBRE A LEITURA DO LIVRO “QUERO VIVER”..

    Boa noite Lizete,
    bem, não sei como hei-de começar este e-mail porque sinceramente não sei se se lembra de mim.
    No dia 3 de Junho, no feriado, fui por volta das 21h30 à feira do livro. Fui de livre vontade porque queria mesmo comprar um livro para apresentar amanhã na aula de português. mas da primeira volta que dei, nada me agradou. até que na primeira barraca a vi. Confesso que o seu livro me chamou logo à atenção. Não sei bem o porque , mas talvez porque me identifico um pouco com o título, porque sendo eu uma adolescente , preciso do meu espaço, preciso de viver a minha vida , QUERO viver. Mas entendo que é uma idade dificil …
    Não sei se se lembrade eu ter parado ao pé de onde estava, e peguei no seu livro. a Lizete dirigiu-se a mim, mas ignorância a minha, não sabia que era a autora do livro´e só me apercebi de tal coisa quando me disse .
    Estivemos a falar um bocadinho. Falámos sobre o seu livro, sobre o tema principal, sobre onde se passa o tema principal.
    quando disse que a personagem principal do livro era o Miguel , um rapaz que um dia teve um cancro, não me apercebi que era o seu filho , e prometi-lhe voltar mais tarde para comprar o livro. a verdade é que voltei lá para o comprar , mas fui às 23 horas e, infelizmente, já não a consegui ver. queria mesmo saber mais sobre o livro, sobre a sua inspiração para o escrever, mas já não fui a tempo. Ainda perguntei ao senhor que se encontrava na banca em que dia é que a poderia encontrar lá, para voltar a falar consigo.
    touxe o livro para casa e iniciei a leitura nesse mesmo dia. hoje já o terminei e estou pronta para o apresentar amanhã ! sinceramente achei o seu livro fantastico . e a história … UAU!! uma história simplesmente maravilhosa, uma história que demonstra uma enorme força e esperança, uma história que me contagiou! admiro-a muito mesmo ! um ser humano com tamanha hstoria de vida, tanto sofrimento, tantas lagrimas, tanta felicidade, e tantos sonhos !
    Só há uma coisa: disse-me que a poderia encontrar atravé do facebook , e assim poderia também encontrar o Miguel , e eu bem que tentei , mas não consegui .
    por isso lhe escrevo este e-mail, na espectativa de que um dia, quando puder e se lembre de vir à caixa de correio que o leia , e se puder , que me respona, porque eu queria mesmo conhecer o Miguel , que pelo que me apercebi, é uma força natural, um rapaz que talvez por ter a minha idade e por ter vivido tanto, é como um exemplo para mim , para nunca desistir dos meus sonhos mesmo que estes demorem meses, anos ou vidas , mesmo que para isso eu tenha de vencer muitos obstáculos na minha caminhada ao longo da montanha ! =)
    mas ler este livro, saber que há no mundo tanta , tanta gente em condições muito piores que a minha faz-me pensar na imensa sorte que tenho, apesar de ter perdido a minha felicidade, por uma escolha que fiz.
    Por agora não me lembro de mais nada que possa dizer , mas sinto que havia mais alguma coisa….. mas pronto, se me lembrar , envio outro e-mail .
    ahhh , mais uma vez digo, e já me mentalizei que provavelmente não se lembra de mim, mas não custa nada tentar 😀
    sou uma rapariga ( oh meu Deus , nem me apresentei convenientemente ) , o meu nome é Catarina Santos, tenho 16 anos e vivo no Porto. tenho cabelos encracolados, olhos castanhos, e no dia em que nos encontramos estava a usar uma grande sweater amarela. Não é lá grande ajuda, mas é o que consigo lembrar -me .
    muito boa sorte para a sua vida e que Deus a acompanhe sempre a si e à sua familia, e que seja muito feliz !

    com os melhores cumprimentos,
    Catarina Santos

    “Ganhamos Força”…. Um dos discursos do dia do lançamento do livro “Quero VIVER”, por Minda Santos
    por Lizete Lopo a Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010 às 11:47

    “Ganhamos força, coragem e confiança a cada experiência em que verdadeiramente paramos para enfrentar o medo”( Eleanor Roosevelt)

    Temos hoje diante de nós esta obra magnifica “Quero Viver”! Interiorizemos um pouco estas palavras…pois é, não é simplesmente o nome de mais um livro, é a vontade inconsciente do comum dos mortais, mas não passa mesmo do inconsciente. O dia nasce, o trânsito corre, são 9 da manhã, apanha o transporte, faz as compras, lava roupa, trabalha mais um pouco e……….caem num sono profundo aguardando o próximo dia…e…é isto a vida das pessoas. E será que no meio de tudo isto existe espaço para ajudar o outro, pensar no outro, falar com o outro???? Na vida da Lizete existe e é por causa dos muitos outros espalhados por aí que sai hoje em livro, a FORÇA, CORAGEM e DEDICAÇÃO desta mulher. É uma obra que vai com certeza trazer à vida de cada um que a ler, muitos sorrisos. Sorrisos de muitas crianças, como a Mónica, a Ana, a Catarina, o Pedro, o Zé, que podem já não ser visíveis aos nossos olhos, mas podem ser hoje aqui sentido no coração de cada um de nós. Estes sorrisos são aqui representados pelos nossos meninos, Miguel e Gonçalo. Vocês meus pequenos amigos, têm em mãos a grande responsabilidade de mostrar ao mundo que a vida não gira à volta dos próprios umbigos.
    É estranho quando se espera dizer as coisas maiores e o que surge diante de nós são as mais pequenas. Tão pequenas e tão óbvias que apetece gritar: – ” Como é possível? Só isto? Mas na verdade é mesmo só isto que consigo dizer: MUITO OBRIGADA

    Teresa Besteiro e a sua grande coragem de viver e amar.
    por Lizete Lopo a Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010 às 15:13

    Quando se ama verdadeiramente alguém seja ele: um filho, um pai, um amor, a dor do adeus é sempre imensurável, não tem medida , comparação possível, é sempre uma saudade que fica atravessada num coração, e ninguém,mas ninguém está preparado para tal acontecimento. Acompanhei a dôr da Teresa e do seu marido, vitima de um cancro, desde o inicio, embora à distancia .Quando recebi estas mensagens dela senti que devia partilhá-las, pela sua coragem , pelas suas palavras, pela sua força de viver, pelo amor que raia dentro dela e quando em certos momentos senti esta senhora, lavada em lágrimas, em desespero de dor, sem saber o rumo que a sua barca estava a tomar, nunca virou as costas, lutou até ao fim ao lado do seu marinheiro, de alguém que precisava muito dela.Hoje a Teresa sente imensa saudade, aconteceu à muito pouco tempo, mas ela sorri, e sabe viver a vida, compreendeu aquilo que muitos de nós não queremos ver , nem compreender! Bem hajas minha heroina.

    TESTEMUNHO DA KATYA MATEUS

    Quem me conhece sabe que adoro ler, principalmente histórias verídicas. Ora aqui está 1 livro que me… fez correr tudo até o encontrar na Bertrand, é 1 livro que recomendo a todos. “QUERO VIVER” é mais do que 1 simples livro, é o testemunho real de quem por muito passou e não baixou os braços. Após a sua leitura, verão que a nossa vida é 1 beleza. Podemos agradecer tudo aquilo que temos na vida. Li as suas 395 páginas em 3 noites e continua na minha mesa-de-cabeceira, para que cada vez que me passe pela cabeça queixar-me, olhar para ele. Obgd Lizete, João, Miguel e mano (Ups, Gonçalo?). Bem hajam. 1 Abraço cheio de ENERGIA. Katya Mateus.
    http://videos.sapo.pt/8zzCNsVBzhUJZiSsbdS8
    http://videos.sapo.pt/TUWi5qPqb8pmWLGHLmZu
    http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=42018&op=all

  2. É autor de SEIS livros “No Conto do Meu Poema”, editado em 1995; “Mensagem no Tempo”, editado em 1997; “Nostalgia entre Angola e o “Puto”, editado de 2000,“O Problema da Gente São as Pessoas”, publicado em 4 de Dezembro de 2004 e por último o “Renascer”, publicado e apresentado em 23 de Abril de 2006, dia Mundial do Livro e dos direitos de autor, no Instituto Superior da Maia. E agora o seu sexto livro, um romance “O Preço da Vitória”. Membro n.º 905 da Associação Portuguesa de Escritores e Beneficiário n.º 16251 da Sociedade Portuguesa de Escritores. Tem merecido alguns prémios e distinções desde Março de 1985 quando recebeu uma Menção Honrosa da Câmara Municipal de Guimarães por um trabalho de pesquisa histórica sobre a nacionalidade portuguesa, com título “24 de Junho Dia 1 de Portugal”
    Voltou a ser galardoado em 22 de Junho de 1985 pela escola Secundária Francisco de Holanda em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães com o 1.º prémio em Poesia.
    Desde então várias distinções, tem merecido, como: 1.º, 2.º e 3.º em muitas Competições Culturais no País. Foi ainda distinguido com o 1.º prémio, em quadras populares no 1.º Encontro Nacional de Poetas, em Guimarães, em 2001. Em 2004 e 2009 volta a ser galardoado com uma Menção Honrosa, na modalidade de quadras populares, alusivas ao Gerês, entre outros……… “O Preço da Vitória”

    Aqui está um livro que não deixará ficar nenhum leitor indiferente. É um romance de uma vida de luta e persistência, de aventuras e desventuras, até à vitória final sobre as agruras do destino.
    Obra de ficção, embora de forte cunho autobiográfico, revela-nos, num português tão cristalino como escorreito, que o destino somos nós quem o fazemos. Que não importa o berço onde se nasce, seja de ouro ou seja de palha. Porque a vitória está ao alcance daqueles que não desistem e lutam até ao fim, arregaçando as mangas e enfrentando todos os obstáculos sempre com um sorriso nos lábios.
    Angelino Pereira é um escritor multifacetado, de provas dadas, tanto na prosa como na poesia. Mas este romance vai, sem sombra de dúvidas, surpreender tudo e todos. “O Preço da Vitória” é daqueles livros que se devoram até ao fim. E todos vão torcer pelo Joel Moreno, que corre o risco de entrar na galeria dos heróis literários da contemporaneidade.

    (João Miranda
    Jornalista, subdirector do jornal “Poetas & Trovadores”) Dia 9 de Setembro, às 21h30, apresentação de “O Preço da Vitória” na IX Feira do Livro de Gondomar, com o agradecimento do autor à Câmara Municipal e à Federação das Colectividades.
    Até lá e já no blogue: http://angelino-pereira.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *