Cultura, Santo Tirso

Feira de Artesanato de Santo Tirso

Promovida há  mais de duas décadas e meia pela Câmara Municipal, esta iniciativa tem vindo a assumir um papel fundamental na defesa e valorização do artesanato português.   

Mais de meia centena de artesãos (uma parte significativa oriunda do Concelho de Santo Tirso) vindos de vários pontos do país, vão mostrar o que de melhor se faz em artes manuais, numa exposição de trabalhos e de artes e ofícios.  

O artesanato representado na Feira é totalmente nacional, estando muitos dos artesãos dispostos a executar trabalhos ao vivo, para os visitantes perceberem a meticulosidade e morosidade da arte manual em áreas como a cestaria, olaria, tecelagem, bordados, tapeçaria, escultura em pedra e madeira entre outros. Para os amantes das iguarias regionais, não faltarão queijos e enchidos, compotas caseiras, licores e doçaria conventual. 
 

Para Castro Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, o certame tem ajudado a promover e a valorizar o artesanato local e nacional, a preservar o património histórico-cultural do nosso país sem esquecer a possibilidade de fazer da genuinidade e certificação desta arte manual, uma verdadeira alternativa à criação de emprego. 

Também não faltará  a animação musical diária pelo que o programa inclui: 
 

12Agosto > Quinta Feira

15h00 – Inauguração com a actuação das Concertinas de Monte Córdova e Amigos

21h30 – Conjunto Musical Santo André 

13Agosto >Sexta Feira

21h30 – Cantares do Sanguinhedo   

14Agosto >  Sábado

16h00 – Rancho Folclórico de S. Pedro de Roriz

21h30 –  Banda Charanga 

15 Agosto  > Domingo

16h00 –  Grupo Folclórico de Santa Cristina do Couto

21h30 –  Rancho Folclórico de Santa Eulália de Lamelas

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *