Desporto

Blanco ficou amarelo na Nª Srª Da Graça

David Blanco (Palmeiras Resort-Prio), um dos mais fortes candidatos à vitória na Volta à Portugal, conquistou a camisola amarela da 72ª Volta a Portugal Lagos Sports. Ao quinto dia de prova, na ligação entre Barcelos e Mondim de Basto, que culminou com a mítica subida à Sr.ª. da Graça, o galego foi o mais forte destronando o anterior líder e companheiro de equipa Cândido Barbosa. 

Após o percurso exigente deste domingo, que teve a extensão total de 175,8 Km, Blanco ficou com uma vantagem de 43 segundos sobre o rival mais directo, o espanhol David Bernabeu (Barbot-Siper) que saltou para a vice liderança depois da chegada na quarta posição a apenas 11 segundos do vencedor da etapa. Mas não foi apenas a camisola amarela que mudou, pois Oleg Chuzhda (Caja Rural) voltou ao primeiro lugar da montanha, Ricardo Vilela (Madeinox/Boavista) passou a comandar a Juventude e o conjunto de Tavira, o Palmeiras Resort-Prio subiu ao primeiro lugar por equipas.

David Blanco, feliz, mas comedido nas palavras vitoriosas, mostrou-se realista nos comentários: “A equipa esteve impressionante, fui sempre atrás deles e depois foi dar tudo até ao fim. Ainda falta muita Volta, a chegada à Torre é difícil e tudo pode acontecer. A equipa, desde o início assumiu que está aqui para ganhar a Volta e até agora está a correr tudo bem. Espero que assim se mantenha até ao final.” 

Em clima de alta tensão 

Como já se esperava, num dia com a importância como todos os que terminam na Srª. da Graça, a etapa iniciou-se num clima de alta tensão. Os primeiros ataques envolveram grupos numerosos de mais de uma dezena de unidades e, como era de prever, todos foram anulados. Um ataque do russo Vladislav Borisov (Amore&Vita), deu origem a que se formasse na frente um grupo de nove corredores de entre os quais se destacou Sérgio Sousa (Madeinox/Boavista) que venceu a contagem de montanha de 3ª categoria. no Alto da Caniçada, uma subida que reduziu a fuga a seis unidades.  

Seis homens em fúria 

Passada a meta volante de Vieira do Minho, com a vitória do ucraniano Oleg Chuzhda (Caja Rural), a diferença para o pelotão foi aumentando, para atingir 4m 10s ao Km. 76. O sexteto em fuga era composto pelos portugueses, José Mendes (LA-Rota dos Móveis) e Sérgio Sousa (Madeinox/Boavista), o italiano Matteo Rbottini (Lampre), o ucraniano Oleg Chuzhda, o uruguaio Fabricio Ferrari (ambos da Caja Rural) e o francês Laurent Levefre (BBox). Quem não se conformou com tal situação foram os homens da equipa de Tavira que deram réplica combativa aos fugitivos. 

Chuzhda virtual camisola amarela 

Na frente Chuzhda, era virtual camisola amarela no momento da fuga com 2m 56s sobre o pelotão  e foi nesse momento que venceu a meta volante de Arco de Baúlhe (Km. 95,6) mas antecipava-se o fracasso da iniciativa e a luta travada entre os fugitivos deixou para trás José Mendes (LA-Rota dos Móveis), Matteo Rbottini (Lampre) e Laurent Lefevre (BBox). Mas na frente a guerra não abrandou e após Chuzhda vencer no alto de Campanhó, Sérgio Sousa tentou tomar a dianteira. O ucraniano seguiu-o na roda para passar à frente na meta volante de Mondim de Basto.

 Ataque fulminante de David Blanco 

Logo depois de passar o perímetro urbano, em plena subida, a situação da corrida mudou radicalmente. Os dois fugitivos foram alcançados com Rui Sousa (Barbot-Siper) e Hernani Broco (LA-Rota dos Móveis), a tomarem a dianteira, aos quais se juntou Sérgio Pardilla (Carmiooro). Entretanto o camisola amarela, Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio), perdeu o contacto com o grupo principal, ao mesmo tempo que o campeão nacional Rui Sousa se isolava na frente. Durou pouco a iniciativa com a perseguição imposta pelo Palmeiras Resort-Prio que depressa absorveu o corredor da Barbot e na ponta final foi David Blanco que arrancou de forma explosiva para uma vitória clara com André Cardoso, companheiro de equipa a terminar no segundo posto, a seis segundos e Hernâni Broco (LA-Rota dos Móveis) a ser terceiro a nove segundos 

Mais Fotografias, Declarações Áudio e Informações em

http://volta-portugal.com/etapas/phps/noticias.php?etapa=4 
 

Segunda-feira é dia da “Etapa da Volta RTP” 

Esta segunda-feira, a 72ª Volta a Portugal Lagos Sports faz o tradicional intervalo, o chamado dia de descanso, no qual, porém, ninguém repousa. A única diferença para os outros dias é que a corrida sofre uma interrupção, mas nesta “paragem” os corredores treinam, os mecânicos tratam das máquinas e os massagistas dos músculos dos atletas, enquanto os directores desportivos “deitam contas” à corrida e estudam a táctica para os próximos dias.  

Nem sequer a organização descansa porque, como é já uma tradição, neste chamado dia de descanso realiza-se a “Etapa da Volta RTP” dedicada aos cicloturistas e a todos os amantes da bicicleta. Trata-se de uma iniciativa que, de ano para ano, vem registando cada vez mais participantes, atingindo este ano cerca de um milhar. Estão inscritos 756 participantes aos quais se juntam mais duas centenas de uma acção promovida pela Liberty Seguros. 

O percurso com 60,8 quilómetros tem início às 9.30h no Parque da Cidade de Fafe, seguindo depois, por Fervença, Celorico de Basto e Mondim de Basto, em direcção ao Alto da Sr.ª da Graça, recriando-se, em tudo, uma etapa, a sério, da Volta, para que no final, todos tenham a oportunidade de serem recebidos pelas estruturas que a organização monta em todas as etapas. A “Etapa da Volta RTP”  acontece em todas as grandes Voltas, como o Tour e a Vuelta e foi lançada em Portugal em 2007. 
 

A 72ª Volta a Portugal tem o apoio das autarquias de Lisboa, Viseu, Leiria, Fafe, Castelo Branco, Mondim de Basto, Oliveira do Bairro, Santo Tirso, Aveiro, Viana do Castelo, Lamego, Sintra, Oliveira do Hospital, Oliveira de Azeméis, Gouveia, Idanha-a-Nova, Moimenta da Beira, Seia, Barcelos, Armamar e Águeda além do patrocínio dos Jogos do Centenário, Jogos Santa Casa, RTP, Aluvia, EDP, Tempo-Team, Liberty Seguros, Meo, O Jogo, Jornal de Noticias, Rádio Renascença, Águas São Martinho, Shimano, Xerox, Mobilif, Torrié, Copigés, DietSport – Powerbar, LG, Instituto Geográfico do Exercito, Ford, Cision, Estanhos D. António, Fullwear, Nexx Helmets, Orbita, KEEWAY, Pastelaria Chafariz, Sportzone, Tipografia Peres e Aquahotels Mondim Basto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *