Póvoa de Varzim, Turismo

MMC – Póvoa de Varzim acolheu 1ª conferência de música electrónica em Portugal

Milhares de pessoas passaram, nos dias 30 e 31 de Julho, pela Póvoa de Varzim para participarem na Midsummer Music Conference (MMC). O evento, que contou com o apoio da Câmara Municipal, foi inédito em Portugal tendo em conta que pela primeira vez o país acolheu uma conferência de música electrónica.

 A MMC teve lugar na praia de Santo André e durante os dois dias reuniu no local conferências, painéis, palestras, workshops, feira de exposições e festas.
Num ambiente privilegiado, junto à praia, os apreciadores de música electrónica puderam assistir, em várias zonas, às actuações de variadíssimos DJs de renome nacionais e internacionais. Foram dois dias (e duas noites) de puro delírio para os cinco sentidos, com artistas cujas musicalidades foram abrangentes, mas ao mesmo tempo eclécticas e mágicas num cenário perfeito para tal. A par das actuações dos artistas internacionais e nacionais de referência, também os novos talentos e os DJ’s revelação estiveram no alinhamento desta produção. Os espaços onde decorreram estas actuações afiguraram-se como verdadeiras surpresas e as festas desencadearam-se dentro da festa.
Destinada a profissionais e amantes da música electrónica em Portugal, a Conferência, co-organizada com a prestigiada revista Dance Club, foi uma oportunidade única para a partilha de ideias, troca de informação, networking e conhecimento. Os temas da conferência trouxeram ao domínio público o que de mais relevante vem sendo discutido, vendido e apresentado a quem vive e consome música electrónica, indicado para music lovers, profissionais do meio, DJs, jornalistas, produtores, promotores, artistas e agentes. Entre muitos outros, foram abordados temas como “O DJ e a Lei”, “Como produzir Música Electrónica”, “Talento vs Tecnologia”, “Gestão de carreira e internacionalização”.
Outra oportunidade de estar em contacto directo com líderes de mercado das áreas DJ, VJ e produção musical foram os workshops onde as melhores marcas do mercado, como é o caso da Pionner e da Vestax, apresentaram novos produtos.
Parte essencial da MMC, a feira de negócios trouxe uma amostra “viva” desta indústria que não pára de crescer: Agências, editoras, marcas ligadas ao meio, clubs, fabricantes de equipamento, lojas de discos/equipamento e serviços nas áreas DJ, VJ e MI/Produção, estiveram presentes na MMC, comunicando directamente com o seu público alvo nesta plataforma única, fazendo negócios ou simplesmente dando a conhecer as suas marcas e novidades das mesmas no mercado.
A primeira edição da MMC contou com o contributo de perto de cem artistas, indispensáveis à realização do evento que promete voltar no próximo ano.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

2 comentários

  1. boas….

    Esse festival foi a coisa mais horrivel k vi, a organizaçao era dopior, sem falar-mos dá má educaçao da propriétaria a estalagem st andre…. por favor a organizaçao k se dedique a pesca ou a agricultura…. MMC (Merda Merda E Companhia)

  2. este festival foi um fracasso.. tavam meia duzia d gatos pingados la… muito por culpa da organização, em que o bilhete do dia eram 25€… lol… sempre a roubar aos mesmos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *