Cultura, Póvoa de Varzim

Evolução do teatro – por Humberto Fernandes – P. Varzim

O teatro deu mote a uma conferência proferida por Humberto Fernandes, na passada sexta-feira, 30 de Julho, no Arquivo Municipal.
O conferencista recuou às origens do teatro de modo a contextualizar a temática do seu discurso no tempo e no espaço ao longo dos séculos, dando especial ênfase à sua evolução na Póvoa de Varzim.

Actualmente, a temporada teatral na nossa cidade é da responsabilidade do Varazim Teatro, associação cultural que desde 1997 conta com o apoio da Câmara Municipal. O Grupo tem produzido regularmente espectáculos de Teatro e várias Animações, que apresenta na cidade onde se sedia e não só, tendo participado já em vários festivais de Teatro, nunca deixando o Varazim de ter a itinerância como intenção.
Sobre o surgimento do teatro na Póvoa de Varzim, Humberto Fernandes remeteu para as representações de carácter religioso que eram levadas a cabo por ocasião das festividades do Natal, Páscoa e Nossa Senhora das Dores, montando-se cenários em espaços ao ar livre, na rua, por volta de 1850. 
Humberto Fernandes informou que o primeiro recinto fechado onde se fez teatro na nossa cidade foi o rés-do-chão do edifício da Câmara Municipal, em 22 de Agosto de 1873, e nesta altura, as peças representadas estavam a cargo de curiosos poveiros. Vários foram os espaços que, ao longo dos tempos, albergaram representações teatrais: Café Universal, Café Chinês, Salão dos Bombeiros, Teatro Povoense, Salão Teatro e Cine-Teatro Garrett. Este último, inaugurado a 15 de Agosto de 1890, recebeu peças teatrais de conceituados realizadores e acolheu companhias de todo o país, a maior parte sediadas em Lisboa.
Humberto Fernandes recordou algumas das representações mais emblemáticas como as operetas em revista “A Maria”, “Os Poveiros”, “Zezé”, “Quentes e boas” e “Três Zés”, entre outras.
A sessão contou ainda com a participação de Albina Dias que declamou uma récita de poemas, uns da sua autoria outros de José de Sá do poeta brasileiro Casimiro de Abreu.
O Arquivo Municipal tem sido palco de várias conferências e palestras que têm como objectivo recordar aspectos da História Local. Muitas delas são apoiadas por documentos e informação preservada no Arquivo dando a conhecer um pouco mais sobre o passado da Póvoa de Varzim.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *