Educação, S. João da Madeira

Município organiza Jornadas da Educação para pais e educadores – S. João da Madeira

Assinalar o início do novo ano lectivo com o debate e a reflexão em torno das novas e persistentes questões sociais e humanas enfrentadas pela Escola nos dias de hoje. Este é o mote para as Jornadas da Educação, organizadas pelo Municipio de S. João da Madeira nos dias 7 e 8 de Setembro no auditório do Museu da Chapelaria. 
 
A sociedade de hoje confronta-se com novas e persistentes questões sociais e humanas. Novos desafios se enfrentam, no seio dos quais a tarefa educativa constitui uma área-chave, que exige um esforço e uma atenção cada vez maior, nomeadamente por parte dos educadores e dos pais que nem sempre se sentem preparados para exercer as funções e dar as respostas que lhes são exigidas pela sociedade. 

É, neste sentido, que as Jornadas da Educação, organizadas pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, pretendem fomentar a reflexão e a abordagem em torno destas mudanças. 

Os momentos de debate estarão em foco, com a ajuda de diversos especialistas. 

Dos temas em debate, destaca-se no dia 7: “Violência em meio escolar: quando a incivilidade impera” por João Mateus Figueiredo, psicólogo; “O Professor como mediador na resolução de conflitos”, por Elisabete Pinto da Costa, docente da Universidade Lusófona; “Factores indutores de stress nos docentes”, por Anabela Pereira, docente da Universidade de Aveiro”; “Como dar às crianças uma educação para a inteligência emocional”, por Manuela Queirós, professora da EB 2,3 de S. João da Madeira; “A inteligência emocional como facilitador do sucesso educativo”, por Ivete Azevedo, investigadora.  

No dia 8 arranca com a conferência de Rui Matias Lima, da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, sobre “Escolhas Alimentares saudáveis”, como mote para apresentação de uma investigação realizada junto das crianças de S. João da Madeira. Os trabalhos das jornadas continuam com o painel “Educação para a saúde na escola”, por Virgínia Monteiro, médica do Centro Hospitalar do Entre Douro e Vouga. “A (im)pertinência da Educação Sexual das Escolas” será abordada por Paula Allen, psicóloga da Associação para o Planeamento da Família. Pedro Rosário, docente da Universidade do Minho, estará em foco como orador do tema “Estratégias para combater o insucesso escolar” e Diana Alves, docente da Universidade do Porto, encerrará as jornadas abordando o tema “Dificuldades de Aprendizagem de leitura e escrita”.  
 
 
 

As inscrições são gratuitas, mas limitadas, e podem, ser feitas para o e-mail: professores@cm-sjm.pt

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *