Arouca, Sociedade

Especialistas em Geoparques visitam o Geopark Arouca

De 23 a 25 de Julho, o Geopark Arouca recebeu a visita de dois geólogos – especialistas brasileiros em geoparques – e dois alunos doutorandos da Universidade do Minho.
Paulo Boggiani, Carlos Schobbenhaus, Ricardo Pereira e Marden Barreto visitaram o Geopark Arouca com o objectivo de descobrir e analisar este território e o seu modelo de gestão, para a troca de experiências e partilha de exemplos de boas práticas.
O Centro de Interpretação Geológica de Canelas (CIGC), o geossítio garganta do Paiva, o centro histórico da vila de Arouca e o roteiro geoturístico da Serra da Freita [quartzodiorito de Espinho, bolas quartzodioríticas dos Viveiros da Granja, Frecha da Mizarela, contacto litológico da Mizarela, pedras parideiras, campo de dobras da Castanheira e pedras boroas], foram os locais escolhidos para a visita destes geólogos, que assim, ficaram a conhecer um pouco da excepcionalidade e mais-valias deste território.
 
Informação complementar sobre os geólogos
 
Paulo Boggiani: geólogo e Professor no Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. Encontra-se envolvido em projectos de criação de geoparques no Brasil.
 
Carlos Schobbenhaus: geólogo e assessor da Presidência do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). Responsável pelo programa “Geoparques do Brasil” que procura identificar áreas potenciais para a criação de geoparques no Brasil.
 
Ricardo Pereira e Marden Barreto: alunos brasileiros a prepararem doutoramento na Universidade do Minho, cujas pesquisas contribuem para o estudo do património geológico da Chapada Diamantina (Bahia, Brasil) e eventual futura criação de geoparques nesta região.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *