Sociedade

Oficina Social da Apelação apresenta a Íris no 124º Aniversário do Concelho de Loures

Inserida nas comemorações do 124º aniversário do Concelho de Loures, a Oficina Social da Apelação realiza amanhã, dia 23 de Julho, pelas 20h00, junto ao Pavilhão Paz e Amizade, na Rua da República, em Loures, a apresentação da Íris, uma boneca multicultural que simboliza a união entre os povos, as culturas, os modos de vida, que convivem no bairro municipal da Quinta da Fonte, freguesia da Apelação, e um pouco por todo o Concelho de Loures.
 
A Íris é pequenina, de todas as cores, rostos e tipos de cabelo, veste vestidinhos de retalhos e lenços à moda saloia, mas também veste saris da Índia, kimonos da China, panos e capulanas de Moçambique e Cabo Verde, trajes angolanos e ciganos. A sua história de vida, os valores que simboliza e os sentimentos que despertou na Câmara Municipal de Loures fizeram dela a mascote da autarquia na área da intervenção social.
 
Recorde-se que a Oficina Social foi criada no final do ano passado por um grupo de moradores da Freguesia da Apelação que pretendia ocupar as pessoas desempregadas e/ou com problemas de integração na produção de trabalhos de artesanato para venda no comércio local. Em simultâneo, o projecto pretende unir a população da zona histórica aos moradores do bairro municipal da Quinta da Fonte.
 
A Câmara Municipal de Loures, que apoia o projecto desde o início, disponibilizou-lhes instrumentos de trabalho e instalações num equipamento municipal (Centro Comunitário da Apelação), onde, entre muitas criações de patchwork, pinturas de porcelanas e trabalhos em materiais diversos, nasceu a Íris.
 
Considerando o cariz comunitário e os objectivos do projecto – desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais que contribuam para a estruturação de projectos de vida autónomos; promoção da auto-estima de quem participa na criação de produtos manufacturados com a chancela de uma marca de utilidade social; estímulo ao empreendedorismo; combate ao estigma social e isolamento socio-urbanístico da Quinta da Fonte – a Oficina Social da Apelação foi integrada no Plano de Actividades do Contrato Local de Segurança de Loures (CLS), através da celebração de um protocolo, em Março passado, entre a Associação dos Moradores Unidos da Apelação (AMUA) e os promotores do CLS – Ministério da Administração Interna/Governo Civil de Lisboa e Câmara Municipal de Loures.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *