Guimarães, Sociedade

Programa “Prato Saudável” – Guimarães

 O Município de Guimarães, através dos seus Serviços de Turismo, tem promovido um conjunto vasto de acções de formação, com diferentes parceiros, com o objectivo de qualificar e valorizar os estabelecimentos de restauração da área do concelho.

     Prosseguindo este objectivo, os Serviços de Turismo, em colaboração com a ARS Norte, através da Unidade de Saúde Pública de Guimarães, associa-se ao programa “Prato Saudável”.

     Este programa tem como objectivos o aumento da oferta alimentar que privilegia alimentos promotores da saúde nos estabelecimentos de restauração e o aumento do nível de segurança e higiene alimentar nos mesmos.

     Este programa prevê que os gerentes e responsáveis da cozinha de estabelecimentos de restauração interessados nesta temática se candidatem gratuitamente a uma acção de formação de curta duração (1 sessão) e respectiva consultoria nos estabelecimentos, relativa aos requisitos necessários do ponto de vista nutricional e de higiene e segurança alimentar para obtenção da certificação do prato saudável nos seus menus. Através desta certificação, os estabelecimentos de restauração do concelho terão acesso a um logótipo por parte da Saúde a identificar os pratos saudáveis, os quais serão amplamente divulgados.

Organização:

Unidade Saúde Pública (USP) – ACES Guimarães/Vizela

Gestor da formação: Dr. Nuno P. Sousa

Formadores: Dra. Ariana Cunha, Dra. Mara Verne e Dra. Manuela Nogueira

Destinatários: Responsáveis do estabelecimento e da cozinha

Local: Salão Nobre da Associação Comercial e Industrial de Guimarães

Data e Horário: Dia 14/09/2010 das 15:30 às 17:30

Programa

Módulo – Alimentação Saudável

– Preparação e confecção;

– Critérios essenciais de um prato saudável;

– Distribuição;

Módulo – Higiene e Segurança Alimentar

– Fluxograma do prato saudável;

– Instalações e equipamentos;

– Manipuladores de Alimentos;

– Matérias-primas e ingredientes;

– Armazenagem;

– Preparação e confecção

– Distribuição;

– Boas práticas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *