Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Prémios da Maratona Fotográfica já foram entregues – Póvoa de Lanhoso

A Vereadora da Juventude da Câmara Municipal, Gabriela Fonseca, entregou, no passado dia 15 de Julho, os prémios da II Maratona Fotográfica da Póvoa de Lanhoso. Mário Costa, de 25 anos, da Póvoa de Lanhoso, ficou em primeiro lugar, obtendo também duas menções honrosas. Armando Oliveira e Filipe Silva ficaram, respectivamente, em segundo e terceiro lugares. Apesar da componente da competição, a edil destaca, nesta iniciativa, aspectos como “a participação, o convívio e a oportunidade de descobrir e olhar a Póvoa de outra forma, incentivando o espírito criativo e a reflexão”.
 
Foram atribuídas ainda 11 menções honrosas a José Lopes, Filipe Silva, Ricardo Alves, Cirilo Vale, Sérgio Araújo, Ana Germano, Armando Oliveira e Mário Costa.
Ajudar a descobrir a Póvoa de Lanhoso e o seu património único, permitir o convívio entre os participantes e ajudar a melhorar competências foram os objectivos desta iniciativa, promovida pela Pelouro da Juventude da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, através do Espaço Jovem, com o apoio da Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso.Os 20 trabalhos do concorrente vencedor e aqueles que arrecadaram menções honrosas estão em exposição no Espaço Jovem até Setembro.
 
“Não tinha muitas expectativas, mas sabia que podia ser um candidato à vitória. Havia outros bons participantes, como o vencedor do ano passado, Armando Oliveira”, referiu o vencedor da edição de 2010. Mário Costa acredita que venceu “pela criatividade” e não tanto pelo aspecto técnico. “Em termos da fotografia técnica, havia candidatos melhores do que eu”, admitiu o jovem, que, para já, só está ligado à arte de fotografar por gosto e passatempo, não descartando, no entanto, a possibilidade de realizar um mestrado no campo da Arte Digital. “Estas iniciativas ajudam a melhorar competências técnicas e criativas. Gosto de fotografia, mas mais ligada à Arte”, referiu, após ter recebido o prémio principal da Maratona Fotográfica, que levou os participantes à descoberta da Póvoa de Lanhoso, partindo dos assuntos propostos pela organização. “Os temas deviam ser mais criativos, mais abrangentes, para termos maior liberdade criativa”, considerou Mário Costa, que prefere uma interpretação não literal das fotografias e que destacou como sua preferida a foto com instrumentos musicais, um chapéu e alguns trocados, que captou no âmbito do tema “Deixa aqui a tua esmola”. Questionado sobre o porquê da escolha, referiu: “Porque há músicos e outros artistas com capacidades e que não são aproveitados nem valorizados pela sociedade”. 
 
Em disputa estavam uma noite na Quinta de São Vicente em regime APA (1º Prémio), uma refeição para duas pessoas no restaurante “O Vítor” (2º Prémio) e uma caixa de três garrafas de vinho verde (3º Prémio).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *