Guimarães, Sociedade

1 ano de funcionamento do Balcão Único de Atendimento – Guimarães

Assinalou-se dia 14 de Julho de 2010, o primeiro aniversário do Atendimento concentrado num único local, ininterruptamente das 09h 00 às 17h 00, de segunda à sexta-feira.

Decorrente da implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade no Município de Guimarães, iniciado em 2006/2007 e da adesão programa SIMPLEX Autárquico, em Julho de 2008, surgiu a ideia de um novo modelo de atendimento que concentrasse, num único espaço, todo o atendimento do Município.

Após um curto período experimental de funcionamento em instalações provisórias (antiga recepção e reprografia do Edifício dos Paços do Concelho), o Balcão Único de Atendimento estreou as suas instalações definitivas no dia 8 de Outubro de 2010, obtendo de imediato uma significativa adesão e receptividade por parte dos utentes que, deste modo, passaram a poder tratar num único espaço de um conjunto muito diverso de assuntos relacionados com a actividade municipal.  

Avaliação da satisfação – Comparação dos resultados obtidos

Grau médio de Satisfação Ano de 2007 Ano de 2008 Ano de 2009
54,82% 59,53% 69,53%

 
O seu browser pode não suportar a apresentação desta imagem.  

É de referir que no período de 14 de Julho de 2009 a 13 de Julho de 2010 foram atendidas no Balcão Único de Atendimento (BUA), 77.572 pessoas.

A criação deste Espaço permitiu, simultaneamente, a operacionalização de outras valências que têm contribuído para a simplificação, modernização e eficiência dos serviços prestados pelo Município, designadamente o envio de notificações através de SMS, a disponibilização de esclarecimentos on-line sobre os procedimentos instituídos e outros mecanismos de controlo (nomeadamente definição de prazos de resposta) que contribuíram significativamente para a melhoria dos serviços. Para além das funções a que está destinado, o Balcão Único de Atendimento tem sido o elemento que acciona a melhoria contínua dos Back-Offices internos face ao grau de exigência do utente.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *