Cultura, Póvoa de Lanhoso

Entrega de Prémios da 2ª Maratona Fotográfica da Póvoa de Lanhoso

Abre no próximo dia 15 de Junho, às 18h30, no Espaço Jovem, a exposição dos melhores trabalhos da segunda Maratona Fotográfica da Póvoa de Lanhoso, realizada no dia 29 de Maio. Na mesma altura, é a entrega de prémios aos vencedores.Levar à descoberta da Póvoa de Lanhoso, do seu património ímpar, e, ao mesmo tempo, proporcionar o convívio entre todos os entusiastas da arte da fotografia e fomentar a apetência pela área foram os objectivos desta iniciativa, promovida pela Pelouro da Juventude da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, com o apoio da Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso.Nesta segunda edição participaram pessoas, com mais ou menos experiência na área da fotografia, motivadas pela resposta ao desafio de lançar um olhar criativo com a objectiva sobre o património arquitectónico, cultural e natural da Póvoa de Lanhoso. “Numa iniciativa a custo zero, o que deve ser realçado é a participação, o convívio e a oportunidade de descobrir e olhar a Póvoa de outra forma, incentivando o espírito criativo e a reflexão”, refere a Vereadora da Juventude da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca. Sérgio Araújo participou, pelo segundo ano. “Gosto de fotografia e isto é interessante. Recebemos os temas e somos obrigados a ‘puxar’ pela cabeça um bocadinho. Estava com tempo disponível e quis repetir. Quero-me divertir. Se o prémio vier, será bem-vindo, mas é uma maneira de passar o tempo”, referiu.José Lopes, que também participou nas duas edições por curiosidade e porque gosta muito de fotografia, considerou que a proposta permite descobrir a Póvoa de Lanhoso. “Acho que esta é uma maneira muito engraçada e muito interessante de conhecer o concelho. E estou sempre aberto a novas actividades”, afirmou.Esta foi a primeira participação de Ricardo Alves, motivado “pelo gosto pela fotografia e pelo convívio com pessoas que têm o mesmo gosto”. Referiu ainda que a participação “é mais stressante” do que estava a contar, mas que é “divertida”. “Acho que é uma iniciativa que se deve manter e realizar o maior número de vezes possível”.Mário Costa participou pela segunda vez. “Dá para conhecer melhor o concelho, mas já conheço bem. Acho que é pouco só haver um tema livre. Eu procuro sempre criatividade nas fotos mesmo sendo monumentos”, salientou.Em disputa estavam três prémios: uma noite na Quinta de São Vicente em regime APA (1º Prémio), uma refeição para duas pessoas no restaurante “O Vítor” (2º Prémio) e uma caixa de três garrafas de vinho verde (3º Prémio). Apesar da competição, o Técnico responsável pelo Espaço Jovem, Ricardo Faria, referiu que aquela iniciativa foi, acima de tudo, uma “festa da fotografia”. Esta iniciativa teve a duração de 16 horas, sem interrupções. Os participantes tiveram de apresentar ao júri 20 fotos, enquadradas nos diferentes temas apresentados pela organização. “Outros seres vivos que não nós”, “Servia outrora para trabalhar a terra”, “Monumentos não de culto pouco conhecidos dos povoenses”, “Praia”, “Silhuetas”, “Vamos jogar à malha”, “Cicatrizes”, “Desporto”, “Refúgio de Sua Majestade, o Rei” foram alguns dos temas propostos.Os melhores trabalhos desta Maratona estarão em exposição no Espaço Jovem, entre Julho e Setembro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *