Reguengos de Monsaraz, Sociedade

Município de Reguengos de Monsaraz inaugura centro náutico no Grande Lago Alqueva

O Município de Reguengos de Monsaraz vai inaugurar amanhã, pelas 18h, o Centro Náutico de Monsaraz, localizado nas margens do Grande Lago Alqueva, nas imediações da vila medieval de Monsaraz, num investimento de cerca de 200 mil euros. O Centro Náutico de Monsaraz está situado numa península com 1,25 hectares no antigo Moinho do Gato (agora submerso pela albufeira de Alqueva), uma zona que sempre teve grande dinâmica social ligada aos usos e costumes rurais das populações do Rio Guadiana e agora usado para pescarias, piqueniques e desportos náuticos. 

No centro náutico existe um ancoradouro com estrutura de amarração para 12 embarcações marítimo-turísticos de médio porte, rampa de alagem (para as embarcações entrarem e saírem da água), um bar com capacidade para cerca de 35 lugares, um parque de merendas com 11 mesas e um parque infantil com uma torre multiusos com escorrega e baloiços. A autarquia promoveu também a construção de zonas verdes e cerca de 500 metros de arruamentos. No Centro Náutico de Monsaraz existe ainda uma zona multiusos para a realização de feiras e outros eventos, especialmente ligados à actividade náutica. 

Ao nível do saneamento básico e do abastecimento de água, o centro náutico é auto-suficiente, tendo sido executado um furo vertical (águas subterrâneas), uma Estação de Tratamento de Água Residuais com tratamento terciário e a reutilização da água tratada para rega e utilização de serviços. Também foi construída uma rede de iluminação exterior pública para toda a envolvente do centro náutico. Devido a preceitos legais e regulamentares, o acesso ao centro náutico é condicionado, estando também interdito o estacionamento de veículos ou reboques no seu interior, existindo para isso um parque de estacionamento no exterior. 

José Calixto, presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz afirma que “a proposta da autarquia pretendeu valorizar o diálogo entre o equipamento, o Grande Lago Alqueva e a sua paisagem, e na sua origem esteve a elaboração pelos serviços da autarquia de um Plano de Intervenção no Espaço Rural (PIER) específico para o ordenamento territorial desta estrutura”. O autarca refere que “o centro náutico pretende apoiar o recreio náutico e as diferentes actividades náuticas, como por exemplo a vela e a pesca desportiva, e beneficia de uma paisagem de montado e de um conjunto de ilhas que tornam o local muito atractivo, proporcionando também uma vista excelente da vila medieval de Monsaraz”.  

O Município de Reguengos de Monsaraz está a desenvolver novas infra-estruturas de apoio ao turismo com o objectivo de beneficiar das potencialidades do Grande Lago Alqueva e de proporcionar um conjunto de equipamentos atractivos para os turistas. No concelho já está em construção o empreendimento turístico Roncão d’el Rei e vão ser edificados mais dois grandes projectos turísticos, nomeadamente o São Lourenço do Barrocal e o Vila Lago Monsaraz – Golf & Nautic Resort, que na globalidade vão ter investimentos superiores a 1,3 mil milhões de euros e criar cerca de 20 mil camas turísticas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Muito me agradou a ideia do centro nautico em monsaraz, como visitante assidua da região e proprietária de uma embarcação. Gostei muito da zona e do espaço envolvente, no entanto verifiquei que a edificação construida para apoio, não é auto-suficiente (paineis solares para águas e paineis voltovoltaicos para o fornecimento de electricidade), alem de o unico saneamento existente ser um WC portátil. Seria bom que esses pontos fossem resolvidos de forma a tornar a estadia dos utentes mais agradável e memorável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *