Alcoutim, Cultura

Foi inaugurada a exposição “Alcoutim, Terra de Fronteira”

Foi no passado sábado inaugurada a exposição “Alcoutim, Terra de Fronteira”, do Município de Alcoutim, integrada no projecto regional “Algarve – Do Reino à Região”, organizado pela Rede de Museus do Algarve.  

Na inauguração, entre outras presenças, destacaram-se as do Doutor António Rosa Mendes, professor universitário na Universidade do Algarve e especialista em cultura e história do Algarve, o Professor Doutor Horta Correia, Professor Catedrático da Universidade do Algarve, o presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Dr. Francisco Amaral. No seu discurso, o Doutor Rosa Mendes sublinhou a importância desta exposição que, pela primeira vez, conta a “história integral, completa” de Alcoutim. O autarca alcoutenejo agradeceu à Universidade do Algarve pelo excepcional trabalho demonstrado que, disse o presidente, “nos leva de encontro aos turistas, que muitas vezes andam perdidos nessas ruas”.  

Os presentes na inauguração percorrem os principais painéis que constituem a exposição, começando à beira-rio e terminando no castelo. A visita foi acompanhada pelas explicações de uma das investigadoras da Universidade do Algarve, que conduziu o projecto da exposição.  

“Algarve – Do Reino à Região”, é um projecto que reúne treze exposições e publicações, com diferentes abordagens ao tema Algarve. Os últimos mil anos da história e cultura algarvia, presentes na herança material e espiritual que, desde o Gharb al-Andalus até à actualidade, têm vindo a moldar e a caracterizar a identidade desde território, foram o ponto de partida de uma cooperação pioneira entre autarquias,

museus, instituições públicas e privadas, universidades, centros de investigação, especialistas de diferentes áreas científicas e culturais e as populações dos vários municípios algarvios – Albufeira, Alcoutim, Castro Marim, Faro, Lagos, Loulé, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila Real de Santo António.  

A exposição de Alcoutim, “Alcoutim, Terra de Fronteira”, debruça-se sobre a história desta vila fronteira. O Rio Guadiana é protagonista na exposição, tendo sido também na história de Alcoutim, como marco na defesa da fronteira e elo de ligação entre as principais povoações ribeirinhas – Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.  

Os conteúdos da exposição e toda a informação turístico-cultural sobre a vila e o seu território estarão disponíveis em 5 línguas (português, inglês, francês, espanhol e alemão).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *