Portimão, Sociedade

Portimão é a cidade anfitriã do I Encontro Regional da Pessoa com Deficiência

A Área Desportiva da Praia da Rocha e o Museu de Portimão vão ser os locais onde vão ser realizadas as actividades do I Encontro Regional da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa conjunta do Governo Civil de Faro e da Direcção Regional do Algarve do Instituto do Desporto de Portugal, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Portimão. 

O programa tem início às 9h30 na Área Desportiva da Praia da Rocha, local onde se vão reunir os mais de 500 participantes deste encontro, para praticar futebol de 7, basquetebol em cadeira de rodas, hip-hop e aeróbica, surf, mas também desenvolver ateliers de pintura e expressão dramática e de bonecos de papel. Os banhos vão ser uma constante durante esta manhã na praia com a ajuda do tiraló – cadeira de mar concebida para pessoas com mobilidade reduzida. 

As actividades culturais vão dominar o período da tarde com visitas ao Museu de Portimão, a partir das 14h00, seguindo-se um peddy paper em cadeira de rodas na rota acessível, a apresentação de uma peça de teatro pela Associação de Saúde Mental do Algarve e a apresentação de um filme. A sessão de encerramento deste encontro está marcada para as 15h30, no espaço exterior ao Museu de Portimão, local onde vão ser feitas demonstrações de dança pela Núcleo de Educação de Crianças Inadaptadas e pela Associação de Apoio à Pessoa Excepcional do Algarve, de rancho folclórico pela Associação Algarvia de Pais e Amigos de Crianças Diminuídas Mentais e a apresentação de bicicleta adaptada para deficientes visuais, e termina com as intervenções oficiais da Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz, da Governadora Civil de Faro, Isilda Gomes e da Vereadora da Câmara Municipal de Portimão, Isabel Guerreiro. 

Uma cidade amigável, segura e inclusiva, é também desta forma que Portimão tem vindo a afirmar-se, através do desenvolvimento de políticas que promovam a igualdade de oportunidades e a integração das pessoas com deficiência em cada aspecto da vida política, social, económica e cultural. Como exemplos desta linha de actuação, refira-se o projecto de ocupação dos tempos livres – Férias Desportivas – que vai voltar a receber jovens portadores de deficiência física e/ou mental, as praias acessíveis ou a rota acessível – um percurso pedonal sem barreiras, com cerca de 5 km que permitirá aos utilizadores deslocarem-se no centro da cidade, usufruir dos espaços de lazer e aceder aos serviços públicos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *