Oliveira de Azeméis, Sociedade

Festas La Salette 2010 são as últimas antes do parque entrar em obras – Oliveira de Azeméis

As Festas La Salette 2010, que se realizam entre 01 e 09 de Agosto, serão as últimas antes da Fundação La Salette (FLS) avançar com as obras de requalificação do parque da cidade de Oliveira de Azeméis, anunciou esta quarta-feira o presidente da FLS. Hermínio Loureiro fez o anúncio na apresentação das festividades em honra de Nª Srªa de La Salette, um programa que considerou «realista, simples e popular que se adapta perfeitamente aos diferentes públicos que visitam o parque no mês de Agosto».

Os 17 hectares de terreno pelos quais se estende o parque vão ser requalificados encontrando-se já  concluídos alguns projectos. O investimento global ascende a cinco milhões de euros. 
«O parque vai entrar numa profunda reestruturação e parte da obra vai iniciar-se a curto prazo», afirmou Hermínio Loureiro, explicando que «estas serão as últimas festas a decorrerem no parque com o aspecto que hoje ele apresenta». 
«No próximo ano o parque já terá outra imagem porque até 2013 as obras, por força do financiamento comunitário, terão de estar prontas», adiantou, frisando que «alguns projectos estão concluídos e outros em fase final de recolha de pareceres».  
Ainda sem que esteja em obras, o dirigente apela às pessoas para que «visitem o parque mas que o respeitem sem deixar mazelas ambientais que poderão ser irreparáveis dada a raridade de algumas espécies arbóreas». 
O evento, como no passado, mantém a tradição religiosa com a realização das procissões das Velas e do Triunfo, e uma vertente recreativa e musical da qual se destaca a actuação do cantor Emanuel às 23h00 do dia seis no palco principal do parque.  
Segundo Jorge Coelho, coordenador da Comissão de Festas, «não foi fácil elaborar o programa de animação tendo em conta as dificuldades financeiras que atravessa a sociedade mas mesmo assim trabalhámos para apresentar um programa simples mas que, esperamos, seja do agrado de todos os oliveirenses». 
O cenário económico em que trabalhou a comissão suscitou elogios de Hermínio Loureiro, responsável da FLS e presidente do município.  
«Em situações económicas normais já não é fácil organizar os festejos pelo que mais difícil foi pôr de pé os festejos deste ano quando é conhecida a conjuntura actual do país e as dificuldades das famílias», disse, considerando os elementos da comissão «homens com grande coragem e total dedicação». 
Segundo Hermínio o trabalho da organização foi «garantir o nível elevado dos festejos» pelo que «o exemplo de rigor financeiro se vai manter relativamente ao que aconteceu nos últimos anos».  
«Estou confiante que as festas vão ser de novo um sucesso sendo motivo de atracção para que as pessoas voltem ao parque e para que outras o conheçam pela primeira vez», comentou, esperando que «a população e as empresas continuem a apoiar os festejos porque «fazem parte da história de Oliveira de Azeméis». 
O programa, centrado no artista Emanuel em termos musicais, inclui uma noite de fados de Coimbra (dia 5), festival de folclore nacional e internacional (dia 7), missa solene com a participação do Coral Cénico La Salette e actuações de bandas de música (dia 8) e, no último dia, desenho infantil, tarde de merendas e a actuação das bandas musicais «Notas soltas» e «Trocopasso», grupo originário da freguesia de Cucujães.  

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *