Cultura, Palmela

“Foge Foge Bandido” em Palmela a 18 de Junho

É já na próxima sexta-feira, 18 de Junho, que o Cine-Teatro S. João, em Palmela, recebe o projecto “Foge Foge Bandido”, de Manuel Cruz, numa organização da Câmara Municipal. O espectáculo tem início marcado para as 21h30 e as entradas valem 10€, com desconto de 25% para grupos de quatro ou mais pessoas, portadores de cartão sénior e jovens até 25 anos, inclusive. Informações e reservas no Cine-Teatro S. João, através do telefone 212336630. Passatempo em www.cm-palmela.pt.
 
Depois dos Ornatos Violeta, dos Pluto ou dos Supernada, Manuel Cruz surge com o projecto “Foge Foge Bandido”, fruto de um caminho de espontaneidade, experiências e comunhão. Na sequência, nasce “O Amor Dá-me Tesão/ Não Fui Eu Que Estraguei, obra constituída por um livro e dois CD que, tal como um filme, guiam o público através de narrativas imaginárias. A multiplicidade de instrumentos utilizados é demonstrativa da liberdade com que Manuel Cruz abordou o processo criativo, partilhado com um vasto grupo de músicos e influenciado, também, pelos amigos (pessoas e animais), familiares e desconhecidos que com ele se cruzaram.
Adaptado para os palcos, “Foge Foge Bandido” apresenta-se como quinteto e conta com a participação dos músicos Nuno Mendes, Eduardo Silva, Alfredo Teixeira e Brendan Hemesworth.
 
 
 
“O Foge Foge Bandido foi um namoro de acasos, descobrir a música das pessoas e não dos músicos e atribuir ao tempo a tarefa de seleccionar o material. Foi tentar ao máximo expressar o processo, com a consciência, claro, de que o acaso se estende ao próprio entendimento desse processo e de que, se calhar, não percebi nada.”
Manuel Cruz

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *